Cultura, Póvoa de Varzim

Talento de Raúl da Costa ajudou Paróquia da Matriz da Póvoa de Varzim

Talento de Raúl da Costa ajudou Paróquia da MatrizNo dia 28 de dezembro, o Auditório Municipal, encheu-se para ouvir Raúl da Costa. O prodigioso jovem pianista poveiro protagonizou um concerto solidário a favor do Centro Social da Paróquia da Matriz.

 

 

Raúl da Costa

Nasceu na Póvoa de Varzim em 1993, onde iniciou os seus estudos musicais aos 7 anos de idade na escola de música de sua cidade natal, sobre a orientação de Luís Amaro de Oliveira e Emília Coelho, ingressando, posteriormente, na Academia de Música S.Pio X em Vila do Conde onde estudou com Álvaro Teixeira Lopes, marco importante na sua carreira.

Desde muito novo é presença recorrente em palcos de renome nacional, frequentemente como convidado de António Victorino d’Almeida e de seu professor e pianista Álvaro Teixeira Lopes, com destaque para os recitais a solo as salas mais emblemáticas do país, como no Theatro Circo de Braga, Teatro do Campo Alegre, Palácio da Bolsa no Porto, Palácio Nacional da  Ajuda  em  Lisboa,  o  Convento  dos  Capuchos  em  Almada, Teatro TEMPO em Portimão, Jardins de Inverno do Teatro São Luiz, entre outros. É também de salientar o sucesso obtido em diversos festivais internacionais de música, como no Festival de Música de Saint Pére de Rodes, Espanha, Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim e Madeira Liszt Festival.

Abriu o Ciclo de Piano 2010 da Casa da Música, num concerto em que fez a estreia mundial de uma “Música Festiva” de Fernando Lopes-Graça, “ Para as Bodas de Ivo Machado”. Em 2012 voltou à mesma sala, desta vez a par da Orquestra Sinfónica do Porto sob a direção de Joseph Swensen, onde interpretou o “Concerto Para Piano e Sopros” de Igor Stravinsky. Interpretou também a “Fantasia Coral” de Beethoven no Coliseu do Porto, com a Orquestra e Coro da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, sob a direção de Javier Viceiro.

É detentor de 1ºs prémios em diversos concursos nacionais e internacionais, destacando-se o Concurso Internacional de Piano em San Sebastian,Espanha, o Concurso Scriabin em Paris e, mais recentemente, o Concurso Young Pianist of the North (Membro da Fundação Alink-Argerich) em Newcastle, Inglaterra, onde ao 1º prémio lhe foi atribuído o título “Young Pianist of the North”.

Foi distinguido por quatro vezes com “A Melhor Interpretação de obra portuguesa”, nomeadamente de Luiz Costa, Eduardo Patriarca, Amílcar Vasques Dias e António Victorino d’Almeida e premiado no 1º Concurso da União Europeia, onde foi representar Portugal, e, sendo o mais novo de todos os concorrentes, interpretou o Concerto para Piano Nº 1 de Chopin, com a Orquestra Filarmónica Janacek, sob a direcção de Theodore Kuchar.

Trabalhou com mestres como Dmitri Bashkirov, Karl-Heinz Kämmerling, Galina Eguiazarova, Lev Natochenny, Bernd Goetzke, Roger Muraro, Boris Berezovsky, Maria João Pires, Miguel Borges Coelho e Artur Pizarro, com quem trabalha regularmente. Por sua vez, Raúl da Costa já orientou masterclasses de piano em Portugal, nomeadamente em Guarda e Chaves.

Em 2011, foi titular de uma Bolsa de Estudo da Fundação Musical Yamaha da Europa.

Em 2011 iniciou os seus estudos na Hochschule  für  Musik, Theater und Medien, em Hannover, na classe do reconhecido professor e pedagogo Karl-Heinz Kämmerling, com quem permaneceu até ao final dos seus dias, tendo sido um dos seus últimos  e  mais  próximos  alunos.  Atualmente, Raúl integra a classe de Bernd Goetzke, que também fora aluno de Karl-Heinz Kämmerling e o último aluno de Arturo Benedetti Michelangeli, seguindo assim esta distinta herança pianística.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *