Felgueiras, Sociedade

Presépios decoram a cidade de Felgueiras, durante a quadra natalícia

Vários locais públicos da cidade estão mais coloridos com verdadeiras obras de arte alusivas ao Natal, até ao dia 07 de janeiro, numa mostra que resulta do trabalho e da inspiração de várias instituições do concelho que participaram no concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara Municipal.

No concurso “Presépios de Natal”, que segundo a vereadora da Cultura, Carla Meireles, “foi criado com o objetivo de envolver a população e de relembrar às pessoas os valores culturais relacionados com esta época”, participam 12 concorrentes, entre eles, escolas, associações e Juntas de Freguesia.

Passeando pelo concelho pode assistir aos trabalhos mais diversificados que combinam elementos religiosos com motivos tradicionais e artes e ofícios que se vão perdendo com os anos.

Participam na iniciativa as seguintes instituições: Associação para o Desenvolvimento Social da Freguesia de Margaride; Bombeiros Voluntários de Felgueiras; Fábrica da Igreja da Freguesia de Vila Fria; Fábrica da Igreja da Freguesia de Pombeiro; Fábrica da Igreja da Freguesia de Pinheiro; Centro Social e Paroquial Divino Salvador de Moure; Associação da Casa do Povo de Jugueiros; Agrupamento de Escolas de Lagares – Centro Escolar de Lagares- polo Stª Luzia; Agrupamento de Escolas D. Manuel Faria e Sousa – EB1 Felgueiras; Junta de Freguesia de Airães; Agrupamento de Escolas de Airães – EB1 JI de Vinha – Pedreira; Santa Casa da Misericórdia de Felgueiras – Lar Maria Viana.

Os trabalhos estão expostos até ao dia 07 de janeiro na Rotunda Rotary Clube de Felgueiras, no exterior do Quartel de Bombeiros, na Junta de Freguesia de Vila Fria, na Rotunda da Trofa, no Adro da Igreja de Pinheiro, no exterior do Centro Social, no exterior do edifício da Casa do Povo de Jugueiros, no exterior Centro Escolar de Lagares, no exterior da EB1 de Felgueiras, no exterior Sede da Junta, no exterior da Eb1 de Vinha – Pedreira, na Rotunda dos Carvalhinhos.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *