Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso implementa medida de apoio à natalidade

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está já a elaborar o regulamento de uma medida social de apoio à natalidade, designada “NaturaLanhoso”. Para além de procurar apoiar as famílias que tenham filhos em 2013, esta resposta também se destina à promoção do comércio local do concelho.

 

“Esta é uma medida inovadora, que pretende ser um incentivo ao aumento da natalidade. Estamos a finalizar o seu regulamento e esta medida vai permitir a atribuição de um apoio financeiro a ser descontado no comércio local com produtos para os recém-nascidos”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

 

No âmbito do reforço das medidas sociais previsto no Plano de Atividades e Orçamento para 2013, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso pretende implementar esta resposta durante o primeiro trimestre do próximo ano. A medida visa incentivar a natalidade, através da atribuição de apoio financeiro para as crianças da Póvoa de Lanhoso nascidas em 2013. As famílias irão dispor de um valor até mil euros para adquirirem no comércio local produtos para o recém-nascido. Esta medida também procura apoiar os estabelecimentos instalados no concelho.

 

Segundo a página eletrónica do Instituto Nacional de Estatística, o concelho registou em 2010 uma taxa de natalidade bruta de 8,2, o que significa nasceram oito crianças por cada mil habitantes. Com esta medida, a Autarquia procura contribuir para aumentar o número de povoenses assim como para fomentar uma sólida tendência de crescimento da natalidade.

 

Recorde-se que, pelo terceiro ano consecutivo, em 2012, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso voltou a receber a distinção de “Autarquia Mais Familiarmente Responsável”.

 

Câmara Municipal aposta no reforço das medidas sociais

 

Preocupada com o agravamento das dificuldades das famílias em 2013, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso pretende reforçar as principais medidas de apoio social, aumentando a dotação financeira de algumas. “Decidimos que esta seria a principal área de intervenção a reforçar, dotando as principais respostas de um aumento financeiro entre os 20 e os 60 por cento. As respostas sociais que proporcionamos procuram adequar-se à realidade e às necessidades das famílias e acredito que têm mesmo um impacto direto na vida e na organização do quotidiano dos povoenses, que precisam destes apoios, e no nosso concelho”, considera o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

 

O reforço de medidas sociais (como as Bolsas de Estudo, os apoios à Renda de Casa, o Viver +, por exemplo) e a criação do “NaturaLanhoso”, medida de incentivo à natalidade, vão marcar a governação autárquica em 2013.

 

Bolsas de Estudo para mais povoenses

 

A Câmara Municipal já terminou a fase de seleção das candidaturas dos alunos e alunas que vão poder contar com o apoio de Bolsas de Estudo no ano letivo 2012-2013. São 57 as pessoas estudantes do concelho a beneficiar deste apoio, que envolve um valor global de cerca de 40 mil euros.

 

Estes dados representam um aumento de 40 por cento do número de pessoas abrangidas comparativamente com 2011-2012. São apoiados/as 45 alunos/as do Ensino Superior e 12 do Ensino Secundário e/ou Profissional.

 

“Temos respostas sociais para diferentes franjas da população. Temos perfeita noção de que esta é uma das mais importantes medidas de apoio social que proporcionamos, porque ajuda a aliviar os orçamentos familiares e a libertá-los para fazer face a outras necessidades dos agregados, mas também porque representa um investimento no futuro dos jovens do nosso concelho, para que tenham uma boa formação, para que prossigam os estudos e para que tenham melhores condições de vida”, destaca o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *