Póvoa de Varzim, Turismo

Lucinda Delgado deu a conhecer dinâmica poveira

Lucinda Delgado, Vereadora do Pelouro do Desenvolvimento Socioeconómico da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, participou, no passado dia 6 de dezembro, na 9ª edição de “Felicidade nas Organizações”, que decorreu no Auditório da AEP, em Leça da Palmeira.

Com o tema “Uma Região!… Uma Atitude!…”, a autarca referiu que, “conscientes do quadro económico adverso que impõe sérias dificuldades, o Município da Póvoa de Varzim tem primado por criar condições, atividades e até contribuir de forma positiva para a introdução do clima de mudança”.

Neste sentido, a Vereadora partilhou algumas das dinâmicas desenvolvidas na nossa cidade, nos diferentes contextos de atuação.

Em relação ao Turismo, Lucinda Delgado referiu que “a Póvoa de Varzim possui uma excelente frente marítima, com um imenso areal de fácil acesso. É servida por ótimas estruturas, incluindo o Casino, local de maior referência, vários hotéis, restaurantes, bares, equipamentos desportivos e áreas de lazer. A praia e a longa marginal, espaços privilegiados para o veraneio, são animadas ao longo do ano por diferentes atividades de animação turística, de que destacamos Mostra de Artesanato Concelhia (Esplanada do Carvalhido, onde, durante o Verão funciona um Posto Avançado de Turismo), a Mostra das Associações, a Feira do Livro, Domingos das Nossas Gentes, e variadas atividades desportivas na Praia e manifestações culturais diversas.

A Vereadora revelou que “apresentando-se como uma cidade moderna não esquece, no entanto, o valor da sua cultura tradicional. Desta herança cultural, a gastronomia reflete por excelência a combinação da pesca e da agricultura, donde se destacam os produtos hortícolas oriundos dos «campos de masseira», uma original técnica de cultivo. Várias iniciativas foram levadas a cabo no sentido da valorização da gastronomia como produtos turísticos da Póvoa de Varzim: a constituição da Confraria dos Sabores Poveiros, a adesão à iniciativa Fins de semana Gastronómicos, promovida pela Turismo Porto e Norte de Portugal, Sabores Poveiros nas Escolas e o XV Concurso Delícia da Rabanada”.

A Póvoa de Varzim é uma cidade cheia de vida, assegurou, acrescentando que, a par de ações de carácter espontâneo, como a atuação de artistas de rua, há um programa intenso de atividades, para todos os gostos e escalões etários, de âmbito desportivo, cultural, gastronómico.

Lucinda Delgado deu, igualmente, a conhecer o trabalho desenvolvido por diferentes setores do Município desde Museu Municipal, Mercado Municipal, Formação, INVESTEMAIS – Gabinete de Promoção ao Investimento da Póvoa de Varzim, CIAC – Centro de Informação Autárquica ao Consumidor da Póvoa de Varzim:

– O Museu Municipal da Póvoa de Varzim, mau grado as restrições orçamentais vigentes, implementou um conjunto de atividades, dentro e fora das suas instalações, com o objetivo da divulgação, valorização e salvaguarda do Património cultural, material e imaterial. Todo este trabalho foi realizado em colaboração com os vários serviços do Município, com especial empenho do sector do Turismo, complemento lógico, numa terra que se pretende aberta aos seus visitantes. Para a prossecução deste objetivo contou com a colaboração da sociedade civil.

– O Município aposta na valorização através do conhecimento, no trabalho em equipa e na valorização dos Recursos Humanos, neste momento de incertezas em relação ao mundo do trabalho no que concerne às oportunidades e às mudanças de perfil profissional. O Município é veículo facilitador junto da população para que passa efetuar formação gratuita perto dos seus locais de residência. O Município está consciente que o conhecimento é, cada vez mais, o motor da nossa sociedade, quanto maior for a formação, tanto mais facilmente os indivíduos podem fazer a sua adaptação ao mercado de trabalho.

Paralelamente à formação, o Município tem apostado em palestras sobre temáticas ligadas ao desenvolvimento de atitudes positivas.

No Intuito de valorizar a nossa economia e a os nossos produtos, a autarquia tem apostado no Mercado Municipal, encarado como um cartão-de-visita onde o pulsar da nossa terra se espelha, para quem nos vem conhecer. Consciente da necessidade da criação deste incremento, o município tem levado a cabo um diversificado número de iniciativas, envolvendo comerciantes, clientes e escolas do concelho.

– O INVESTEMAIS – Gabinete de Promoção ao Investimento da Póvoa de Varzim desenvolve a sua atividade como interlocutor da autarquia junto dos empresários e futuros empreendedores. Com especial enfoque na promoção do empreendedorismo, o gabinete desenvolve a sua atividade através: da articulação com a ANJE (Associação Nacional de Jovens Empresários) na dinamização do Centro de Incubação do concelho; realizando workshops e conferências de interesse para o tecido económico do concelho; apoiando e orientando empresários, empreendedores e investidores, fornecendo informações sobre legislação, incentivos, formalidades e contactos a estabelecer; estabelecendo parcerias com diversas entidades com especial relevância para o Instituto do Emprego e Formação Profissional e diligenciando soluções para as várias solicitações apresentadas no sentido de criar plataformas de apoio e dinamização económica.

– O CIAC – Centro de Informação Autárquica ao Consumidor da Póvoa de Varzim tem vindo a promover ações de sensibilização juntos das escolas, palestras a toda a população no âmbito dos serviços públicos essenciais, bem como consultas jurídicas gratuitas através de videoconferência com o jurista do Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave. Em épocas de crise económica, como a que se vive atualmente, os consumidores devem estar muito bem informados sobre os seus direitos e deveres. Esta é uma preocupação da autarquia: informar os cidadãos.

Feito o percurso expositivo por diferentes áreas do Município, Lucinda Delgado apontou os princípios de sucesso que passam por: Levantamento das Necessidades; Definição clara de Objetivos; Escolha de Recursos e Planificação.

Em jeito de conclusão, realçou que “com o sucesso da organização aparece o sentimento generalizado do dever cumprido. O alcance desta meta traduz-se na felicidade pessoal dos colaboradores e no seu bem-estar em ambiente de trabalho. Para exponenciar este sentimento, a liderança do projeto deverá promover o reconhecimento público dos seus intervenientes”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *