Felgueiras, Sociedade

Câmara Municipal atribuiu bolsas a estudantes universitários que participaram em ações de voluntariado

O presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, Inácio Ribeiro, atribuiu as bolsas aos estudantes voluntários que participaram em ações realizadas em instituições do concelho, numa cerimónia que decorreu na Casa das Torres.

 

Um dia depois da inauguração da Casa das Torres, edifício criado com o objetivo de fomentar a criatividade dos jovens e motivá-los a encontrar respostas para ultrapassarem as dificuldades, aquele espaço foi palco de uma cerimónia de entrega de vales a 30 jovens que se disponibilizaram e participaram em ações de voluntariado, durante o verão.

Na altura, Inácio Ribeiro sublinhou que a relevância da ação não deve ser avaliada pelo “simbólico valor que é atribuído aos jovens”, mas “pela importância que tem para o crescimento e enriquecimento pessoal de cada um”.

O vereador da Educação e Juventude, João Sousa realçou que este programa cumpriu as pretensões da Câmara Municipal: “ os jovens tiveram a oportunidade de participar em experiencias que potenciam a empregabilidade futura, promoveram o voluntariado como forma de participação cívica e envolveram-se em atividades que contribuem para o bem-estar e desenvolvimento da sua terra”.

A cerimónia incluiu uma reunião informal, onde os participantes e representantes das instituições que aderiram expuseram alguns pontos de vista sobre o decorrer da atividade.

O presidente da Junta de Freguesia de Rande, Vitor Ribeiro, considera a iniciativa “muito interessante para as associações e juntas de freguesia que, cada vez mais, têm maiores dificuldades e menos subsídios” e apelou para que “esta iniciativa se repita”.

Rita que prestou voluntariado na Santa Casa da Misericórdia, diz que: “o projeto é muito interessante e enriquecedor, na medida em que ficamos a conhecer melhor a realidade do concelho”.

Uma estudante de Serviço Social, que desempenhou funções na Junta de Freguesia de Airães elogia a iniciativa dizendo: “ Eu desenvolvi muitas atividades. Foi uma forma de pôr em prática aquilo que aprendi no meu curso. É um projeto espetacular e de que me orgulho de dizer que participei”.

Refira-se que esta atividade foi implementada pela Câmara Municipal com o objetivo de valorizar a formação dos voluntários, proporcionar experiências que potenciem a empregabilidade futura e de promover o voluntariado como forma de participação cívica e social.

A ação permitiu aos jovens desenvolverem tarefas em diferentes áreas: Ação Social, Cultura, Desporto, Educação, Turismo e Património, Saúde, Ambiente, entre outras de interesse social e comunitário.

Os participantes prestaram serviço em várias instituições do concelho, designadamente na Santa Casa da Misericórdia de Felgueiras, na Santa Casa da Misericórdia de Unhão, no Centro Social e Paroquial Divino Salvador de Moure, na Casa do Povo da Longra, no Centro Social de Pedra Maria, na Casa das Artes, em várias Juntas de Freguesia, na Biblioteca Municipal.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *