Lamego, Sociedade

Voluntários recolheram alimentos à porta dos supermercados em Lamego

Num momento em que o país atravessa uma grave crise económica e financeira, as instituições públicas registam um aumento significativo dos pedidos de auxílio por parte das famílias mais desfavorecidas que tentam deste modo fugir à pobreza e à exclusão social. Para ajudar a combater este flagelo, a Câmara Municipal de Lamego e o Centro de Informação Europe Direct promoveram uma campanha de recolha de alimentos à porta das superfícies comerciais do concelho, entre os dias 15 e 18 de novembro. Este ano, os lamecenses doaram 1502 artigos alimentares que vão minorar as carências sentidas pelas famílias carenciadas dos jovens que praticam desporto nos clubes e associações do concelho.

Sob o mote Sou Voluntário, Faço a Diferença, a iniciativa também visou criar um espírito de voluntariado permanente entre os participantes e reconhecer o voluntariado como um importante contributo para o desenvolvimento social, na medida em que potencia uma maior qualidade nas respostas sociais. Em colaboração com os Escoteiros de Portugal – Grupo 49 e os voluntários da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, a autarquia pretendeu unir esforços e vontades para celebrar o voluntariado como um dos melhores exemplos no exercício de uma cidadania ativa em prol da comunidade.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *