Educação, S. João da Madeira

Reflexão em S. joão da Madeira sobre os limites na educação infantil

“Torna-se cada vez mais premente que os educadores ganhem consciência que as crianças, para além de precisarem de liberdade para explorar o ambiente, precisam, acima de tudo, de limites e regras que as protejam e que as façam perceber que nem sempre se pode fazer tudo o que se deseja”.

 

É dessa forma que a Divisão de Educação da Câmara Municipal de S. João da Madeira lança a sessão temática “Limites na educação infantil: porquê e como?”, para professores e encarregados de educação, que se realiza nesta quinta-feira (29 de novembro), pelas 18 horas na Escola EB1/JI dos Ribeiros. Para abordar o tema, a autarquia convidou Magda Dias, coach em desenvolvimento pessoal e parentalidade positiva.

 

O objetivo é proporcionar, de forma interativa, um momento de reflexão em torno dos limites “para que as crianças aprendam o autocontrolo, para que possam viver em família e sociedade”. Embora não seja tarefa fácil, esta sessão pretende demostrar que é possível “estipular limites para um filho, com bom senso”, de forma a “prepará-lo para conviver com o mundo e com as frustrações que fazem parte da realidade da vida”.

 

Mais se informa que as inscrições são gratuitas e limitadas e podem ser feitas através do e-mail professores@cm-sjm.pt.

 

Jornadas da Educação deram

o mote das sessões temáticas

 

As Jornadas da Educação realizadas em setembro deram o mote para a realização das sessões temáticas para a comunidade educativa ao longo de todo o ano letivo. Assim, depois da reflexão desta quinta-feira sobre os limites na educação infantil, estão já agendadas mais duas sessões: “Pequenos ditadores – quando os adultos perdem o poder”, em fevereiro, na Escola EB1/JI Fundo de Vila, e “O humor na educação – elemento inibidor de conflitos”, em maio, na EB1/JI Parrinho. As datas exatas serão divulgadas oportunamente, sendo que todas as sessões se destinam à comunidade educativa do concelho.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *