Baião, Desporto

Victor Pascoal/Luis Ramalho (Mitsubishi) vencem rali de Baião

Victor Pascoal/Luís Ramalho, em Mitsubishi Lancer EVO VII, foram os vencedores do “Rali de Baião – Vida Natural 2012″, prova organizada a 24 de Novembro pelo Clube Automóvel de Amarante, com o apoio do Município de Baião e última etapa do calendário do Campeonato Open de Ralis.

A prova ficou marcada pelo despiste na primeira classificativa do dia, Baião 1, do já vencedor do Open de Ralis, Fernando Peres. O piloto local Victor Pascoal/Luis Ramalho, em Mitsubishi Lancer EVO VII, assumiu a liderança da prova em Aboboreira 1, com 8″9 de vantagem sobre Daniel Nunes/Daniel Amaral, em Mitsubishi Lancer EVO IV, e 9″1 sobre Luís Bastos/Paulo Marques, em Mitsubishi Lancer EVO V. No troço final da 1ª ronda, Queimada 1, Nunes reduziu a desvantagem para 6″6, enquanto Bastos ficava a 11″5 de Pascoal.

No Desafio Modelstand, Diogo Gago liderava no final da primeira ronda, seguido de Pedro Fins a 28″6 e de Salvador Gonzaga a 53″9. No Troféu Fastbravo, Jorge Ribeiro era primeiro, seguido de Hélio Abreu a 31″1 e de Fábio Paço a 33″1.

Na 2ª passagem pelo troço de Baião um acidente com Diogo Salvi/Filipe Carvalho, em Mitsubishi Lancer EVO VII, obrigou a nova interrupção. Na 2ª passagem por Aboboreira, João Barros/António Costa, em Renault Clio S 1600, foram os mais rápidos deixando Pascoal a 11″3 e Nunes a 56”, passando Pascoal a liderar a prova com 42″5 de vantagem sobre Barros que ascendia à segunda posição.

No final, a vitória sorriu a Victor Pascoal, seguido de Barros e de Nunes que com este resultado garantiu a vitória do seu navegador, Daniel Amaral, no respetivo Campeonato.

No Desafio Modelstand, Diogo Gago foi o vencedor, seguido de Pedro Fins e de Salvador Gonzaga. No Troféu Fastbravo, Jorge Ribeiro foi o vencedor, seguido de Hélio Abreu e de Fábio Paço.

Destaque ainda para a presença dos pilotos de Baião, João Bessa/Daniela Rodrigues, em Peugeot 206 GTI, que terminaram em 17º lugar e Manuel Pereira/Adriano Pereira, em Citroen Saxo que terminaram em 20º lugar.

No final o vereador do Desporto da CM Baião, Paulo Pereira estava particularmente satisfeito: “Foi uma aposta ganha neste Rali de Baião, porque deste modo estamos a ser capazes de recuperar as tradições do rali no nosso concelho e dessa forma podemos promover o nosso potencial turístico. Ficamos muito contentes com o desempenho dos pilotos de Baião, com destaque para a vitória clara do Victor Pascoal. Por último, uma palavra de apreço para a boa parceria que fomos capazes de estabelecer com o Clube Automóvel de Amarante. Refiro, concretamente, o seu presidente Paulo Silva, porque desde a primeira hora fomos capazes de desenvolver uma estreita e frutuosa colaboração”.

Também usou da palavra o grande vencedor da prova, Victor Pascoal que referiu que “foi uma prova muito difícil porque os troços estavam bastante escorregadios. Queríamos muito vencer aqui em Baião para agradecer ao Município de Baião o apoio que nos tem dado.”

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º – Victor Pascoal/Luis Ramalho, em Mitsubishi Lancer EVO VII, 40’48″7
2º – João Barros/António Costa, em Renault Clio 1600 S, a 50″4
3º – Daniel Nunes/Daniel Amaral, em Mitsubishi Lancer EVO IV, a 1’00″9
4º – Luis Bastos/Paulo Marques, em Mitsubishi Lancer EVO V, a 1’40″3
5º- Diogo Gago/Jorge Carvalho, em Peugeot 206 GTI, a 2’43″4
6º – Paulo Moreira/Marco Macedo, em Opel Corsa, a 3’10″0
7º- Nuno Almeida/João Vieira, em Fiat Punto, a 3’19″7
8º- Vitor Ribeiro/Fernando Sousa, em Mitsubishi Lancer EVO IV, a 3’28″0
9º- Pedro Fins/Sérgio Rocha, em Peugeot 206 GTI, a 3’29″5
10º – Salvador Gonzaga/Paulo Lopes, em Peugeot 206 GTI, a 3’40″5

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *