Gondomar, Sociedade

Prémio BPI para a APPC – Gondomar

Foram entregues, no dia 8 de novembro, os prémios “BPI Capacitar 2012”. O Centro de Educação Especial Rainha D. Leonor, das Caldas da Rainha, e o Centro Comunitário Paroquial da Ramada, de Odivelas, foram os principais premiados. Mas também Gondomar, por intermédio da Associação do Porto de Paralisia Cerebral / Villa Urbana, recebeu uma distinção. A candidatura da “Villa Urbana”, uma das 16 menções honrosas distinguidas, destina-se à construção de um Parque Infantil (acessível para todos).

A candidatura apresentada pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral, centrando-se na construção de um Parque Infantil, definiu, logo à partida, que o mesmo será aberto a toda a comunidade. Algo, aliás, que já faz parte da “filosofia” de funcionamento desde sempre implementada na “Villa Urbana”.

Instituído no âmbito da política de responsabilidade social do BPI, os prémios “Capacitar” visam apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida e a integração social das pessoas com deficiência ou incapacidade permanente.

Já na sua terceira edição, este que é um dos maiores prémios de Responsabilidade Social nacional, entregou um total de 700 mil euros a 18 instituições (sendo que foram 257 as candidaturas apresentadas).

Criado em 2010, o “Prémio BPI Capacitar” pretende apoiar e dar visibilidade a projetos de inclusão social que possam fazer a diferença na sociedade, através de um financiamento na forma de donativo, em dinheiro, e sem qualquer contrapartida. No total, e desde o início do prémio, já foram entregues mais de 1,5 milhões de euros a diferentes instituições.

Abílio Cunha (Presidente da Direção da APPC) e Liliana Araújo (Diretora Técnica) receberam de Fernando Ulrich, Presidente do BPI, a distinção referente ao prémio “Capacitar 2012”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *