Educação, Estarreja

Bolsas de Estudo do Ensino Superior: Candidaturas em novembro – Estarreja

No período de 2 a 31 de novembro de 2012 estão abertas as candidaturas para as Bolsas de Estudo do Ensino Superior e Politécnico promovidas pela Câmara Municipal de Estarreja. A autarquia mantém a medida de apoio aos estudantes com dificuldades económicas, pese as restrições e reduções orçamentais.

 

Serão atribuídas 10 bolsas, com um valor mensal até 100 €, durante um período de 10 meses, correspondente ao ano escolar.

 

“Sem prejuízo do contributo de todos, desde logo da família e da escola, incumbe também às autarquias locais, especiais responsabilidades na educação e ensino dos jovens, não podendo as diferenças económicas e sociais, serem fatores impeditivos do acesso à educação e à formação”, refere o preâmbulo do Regulamento Municipal para Atribuição de Bolsas de Estudo destinado a alunos do Ensino Superior e Politécnico, área que não é da competência municipal.

 

O atual Executivo, tendo criado este apoio, assume como constituindo sua obrigação, estimular e motivar os jovens para estudarem, ajudar à sua formação qualificada e financeiramente apoiar todos aqueles que, não obstante as suas capacidades, são economicamente desfavorecidos. É, sobretudo, um sinal positivo ao potencial humano do concelho de Estarreja.

 

As Bolsas de Estudo para o Ensino Superior e Politécnico assumem uma particular importância, no sentido de estimular a frequência de cursos superiores e melhorar, dessa forma, o tecido económico do concelho, dotando-o de quadros técnicos superiores.

 

Podem candidatar-se à atribuição de bolsas de estudo, os estudantes que preencham, cumulativamente, as seguintes condições:

 

. Residentes no concelho de Estarreja há mais de dois anos;

. Idade não superior a 25 anos;

. Não serem detentores de licenciatura ou bacharelato ou curso equivalente;

. Terem ingressado ou terem obtido aproveitamento escolar no ano anterior, caso tenham estado matriculados no ensino superior no ano letivo anterior àquele para que requerem a bolsa;

. Não possuírem, por si só ou através do agregado familiar em que se integram, um rendimento mensal per capita superior ao salário mínimo nacional;

. Como contrapartida da atribuição da Bolsa de Estudo, cada bolseiro deverá prestar, em regime de voluntariado, duas semanas de serviço à comunidade.

 

A candidatura far-se-á mediante o preenchimento de um impresso próprio, que será facultado aos interessados no GAME – Gabinete de Atendimento ao Munícipe da Câmara Municipal de Estarreja, acompanhado de um conjunto de documentos (ver regulamento).

 

 

» Mais informações nos Serviços On-line do site do Município, em Formulários, na pasta Juventude

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *