Educação, Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Estatuto do Aluno debatido na Póvoa de Lanhoso

“O Novo Estatuto do Aluno e a Comunidade Educativa: um debate para melhorar a Escola, a Educação e a Sociedade” é como se intitulou a palestra dinamizada por Carlos Alberto Gomes da Universidade do Minho na noite de 17 de outubro, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso.

 

Esta abordagem ao assunto do novo Estatuto do Aluno integrou o programa da Semana da Educação, que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e os Agrupamentos de Escolas promoveram de 24 a 28 de setembro. Contudo, esta palestra foi adiada, ficando assim agendada para a referida data.

 

O momento foi moderado pela Vereadora da Educação da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca. Presentes estiveram cerca de 70 pessoas. O palestrante integra o Departamento de Ciências Sociais da Educação da Universidade do Minho.

 

Com entrada livre, este momento de informação e de reflexão destinou-se ao pessoal docente e não docente bem como às direções das escolas, a pais, mães e/ou encarregados/as de educação e a estudantes, de entre outros destinatários, assim como para a população interessada. Permitiu às pessoas presentes esclarecer dúvidas e recolher informação sobre aquele Estatuto, nomeadamente, sobre o que é alterado bem como implicações.

 

O orador começou por fazer um enquadramento sociológico dos últimos 30 anos, comparando o primeiro Estatuto do Aluno pós 25 de Abril e o atual e a sua conexão com a evolução social e cultural do país bem como da educação em Portugal, fazendo igualmente referência a vários conceitos mormente de disciplina/indisciplina na sala de aula.

 

Considerando que não existe uma crise de valores, porque estes existem, entende que o problema reside na regra que protege o valor e a “punição” que o credibiliza. As leis e os regulamentos existem, mas não têm a devida consequência de forma sistemática e consistente. No seu entender, a escola tem de ter uma estratégia e toda a comunidade educativa, independentemente das suas opções políticas, religiosas, de ser mais ou menos liberal, deve adotá-la e aplicá-la. Quando todos “remarem para o mesmo lado” a estratégia acabará por dar os seus frutos, considerou. Carlos Alberto Gomes tem várias obras publicadas no âmbito de trabalho efetuado em várias escolas, salientando-se “Guerra e Paz na Sala de Aula”.

 

Com a promoção das Semanas da Educação tem sido objetivo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, em colaboração com outras entidades parceiras, como os Agrupamentos de Escolas e o Conselho Municipal de Educação, permitir o debate e a reflexão sobre temas atuais e pertinentes para os vários intervenientes no processo educativo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *