Oliveira de Azeméis, Sociedade

Vereadora defende ‘trabalho em rede’ para erradicar a pobreza em Oliveira de Azeméis

A vereadora da ação social defendeu que «é preciso que cada um de nós continue a lutar para combater a exclusão social no município e promover o desenvolvimento social».
Gracinda Leal falava na abertura da 46ª sessão plenária do Conselho Local de Ação Social de Oliveira de Azeméis (CLASOA), inserida no programa comemorativo do 10º aniversário da Rede Social e do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.
«Lutar contra a pobreza é urgente e uma obrigação de todos pois acredito que quanto mais damos, mais recebemos em troca, como experiências, conhecimentos e afetos», esclareceu.
Para a responsável, «a atuação no combate à pobreza e à exclusão social do nosso município deverá ser realizada de forma coletiva para que os oliveirenses sintam o importante papel de cada um nessa batalha».
A reunião, que se realizou na biblioteca municipal Ferreira de Castro, destacou a temática «O envelhecimento demográfico e o desafio da construção de uma sociedade para todas as idades», ficando marcada ainda pela entrega do prémio Dr.ª. Leonilda da Silva Matos e o lançamento da revista «Nós em rede… 10 anos».
A Rede Social está presente em todo o concelho, nas suas 19 freguesias, contando com 69 entidades parceiras com a missão de congregar esforços e mobilizar recursos e saberes em prol dos valores da solidariedade social.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *