Cultura, Póvoa de Lanhoso

Theatro Club da Póvoa de Lanhoso classificado monumento de interesse público

O Theatro Club da Póvoa de Lanhoso já é monumento de interesse público. No passado dia 20 de Setembro, foi publicada em Diário da República a classificação como monumento de interesse público bem como a sua respetiva zona especial de proteção.

Entre março de 2011 e março de 2012, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu um programa específico destinado a assinalar os 10 anos da reabertura e da programação regular do Theatro Club. Em 2011, foi palco para quase 200 iniciativas e recebeu cerca de 20 mil utilizadores (de entre visitantes, espetadores e participantes).

O Theatro Club continua a ser a principal sala de espetáculos do concelho, ali recebendo as mais diversas manifestações culturais, desde teatro a exposições de artes plásticas, passando por outros eventos, como recitais e concertos musicais, ou mesmo sociais, congressos ou palestras, para dar apenas alguns exemplos.

Edifício construído em 1904 e inaugurado em 1905, este importante e significativo exemplar de Arte Nova em Portugal foi projetado por Ascensão Machado e construído por Pinto da Silva por ação e financiamento privado do maior benemérito da Póvoa de Lanhoso, António Lopes.

Especialmente característico do movimento Arte Nova em Portugal, o Theatro Club destaca-se entre as mais notáveis salas de espetáculo existentes em Portugal pela sua peculiar arquitetura e expressiva decoração.

Carinhosamente apelidado de “theatrinho” pelas reduzidas dimensões da sua sala principal, ali encontram expressão algumas das mais significativas marcas características desse período da história da arte, que marca decisivamente o final do século XIX e o início do século XX

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *