Felgueiras, Sociedade

Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras entrega chaves de habitações sociais a 4 famílias carenciadas do concelho

Habitação Social é apenas uma das várias medidas, implementadas pela autarquia, que visam criar melhores condições habitacionais às pessoas com fracos recursos financeiros

O presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, Inácio Ribeiro entregou, na passada quinta-feira, dia 11, as chaves de mais quatro habitações sociais, desta vez no Conjunto Habitacional de Sousa, que passam acolher famílias carenciadas do concelho.

Trata-se de construções, de tipologia um T2 e três T 3, o que significa uma nova realidade na vida social de quem veio habitá-las, dadas as condições de habitação precária em que viviam.

O presidente da Câmara refere que estas habitações devem ser vistas pelos beneficiários como uma ajuda temporária. “Com o investimento na habitação social pretendemos dar um impulso na vida das famílias que estão a atravessar uma fase difícil na sua vida. Faço votos para que a vossa permanência nas habitações sociais seja curta e que esta ajuda vos permita, em breve, terem a possibilidade de mudarem para uma casa melhor”.

As famílias, visivelmente felizes agradeceram o empenho da autarquia para encontrar uma solução para o seu problema e dizem estar “preparadas para recomeçar”.

As habitações, agora entregues, dispõem de cozinha equipada com mobiliário, fogão, exaustor e esquentador.

Os contratos assinados são válidos por um ano, renovados anualmente. A renda a pagar pelos inquilinos da autarquia insere-se no âmbito da “renda apoiada”, calculada em função do rendimento disponível do agregado familiar.

A vereadora da Coesão Social, Carla Meireles, na entrega das habitações sociais,  explicou algumas medidas implementadas pela autarquia que visam melhorar as condições de alojamento dos mais desfavorecidos, dando o exemplo  dos benefícios do Cartão do Munícipe Sénior que contempla o apoio e o incentivo à criação de melhores condições habitacionais. “Temos tido a preocupação de criar medidas que favoreçam a possibilidade de as pessoas terem uma habitação melhor. Por exemplo, os beneficiários do Cartão do Munícipe Sénior têm a isenção ou redução das taxas de urbanização e edificação nas obras de recuperação das suas habitações próprias e permanentes. Atribuímos uma comparticipação excecional nas despesas efetuadas com pequenas reparações de carpintaria, pichelaria, serralharia, eletricidade, com caráter de urgência, ou de melhoria das condições de mobilidade habitacional, na residência permanente, isto para além dos descontos nas tarifas de água, recolha de lixo, de águas residuais de limpeza de fossas séticas e recolha de resíduos sólidos urbanos, entre outros descontos que o cartão garante”, conclui.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *