Desporto, Portimão, Sociedade

Mais de 5500 pessoas correram contra o cancro na Zona Ribeirinha de Portimão

Constituiu um sucesso em toda a linha a 12ª Mamamaratona, que ontem bateu todos os máximos ao juntar na Zona Ribeirinha de Portimão cerca de 5500 pessoas de todas as idades em torno do projeto da AOA – Associação Oncológica do Algarve de construção da Casa Flor das Dunas, residência para os doentes em tratamento na Unidade de Radioterapia de Faro.

 

A grande novidade desta edição foi a I Meia Maratona do Algarve, que reuniu 218 atletas federados, vindos de todo o país e de Espanha, os quais aderiram a este movimento de alerta contra o cancro, em resultado de uma parceria entre a AOA e a Associação de Atletismo do Algarve.

 

Em masculinos, o pódio foi preenchido por Jorge Varela, Paulo Soares e Flávio Fernandes, todos atletas do Clube Areias de São João, enquanto nas senhoras venceu Vera Fernandes (Associação Académica da Bela Vista), seguida por Elisa Cruz (Clube Areias de São João) e Cristina Pereira (Village Runners).

 

Nos veteranos masculinos, no escalão I o vencedor foi Paulo Soares (Areias de São João), tendo o escalão II sido conquistado pelo atleta algarvio Carlos Reis, que correu como individual, ao passou que em femininos a vencedora do escalão único de veteranas foi Verónica Scutaru (Joaninhas de Leijão).

 

Referência ainda para a participação voluntária das instituições que colaboram com a organização desta iniciativa, como foram os casos da PSP, Bombeiros Voluntários de Portimão e Cruz Vermelha, entre outras entidades que apoiaram e patrocinaram o evento, com destaque para a Câmara Municipal de Portimão.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *