Cultura, Marinha Grande

Comemoração do Dia Mundial da Música foi um sucesso na Marinha Grande

Foram muitas as pessoas que percorreram o Centro Tradicional da Marinha Grande no passado sábado, 6 de outubro, participando na iniciativa “Cantos e Recantos da Marinha Grande”, no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Música.

 

O músico marinhense Carlos Martins foi o mestre-de-cerimónias deste percurso, organizado pela Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Marinha Grande e que visou promover os artistas locais, os seus projetos e diversos espaços públicos da cidade.

 

As principais ruas do centro da cidade foram o cenário escolhido para este percurso artístico com a música que se aprende, se toca e se escuta, no nosso concelho.

 

Os participantes saíram do Largo Ilídio de Carvalho, pouco depois das 17h00, em direção ao Jardim Luís de Camões. Aí assistiram à atuação da Orquestra Ligeira da Marinha Grande, dirigida pelo maestro Ricardo Santos. Os temas tocados pelos jovens músicos abrilhantaram o espaço, que ainda acolhia a Feira do Livro, organizada pela Junta de Freguesia local.

 

A visita continuou pelo Largo 5 de Outubro, até ao átrio da Igreja Matriz, para atuação do Grupo Coral da Tertúlia dos Anos de Ouro.

 

Seguiram depois até à Rua do Montepio onde, junto ao Focus – Bar 1923, dois alunos da Escola de Música do Sport Operário Marinhense interpretaram ao piano peças de Johann Strauss ,Alexandre Desplat ,”Paradise” dos Coldplay, de Chopin e “River flows in you” de Yiruma.

 

Após esse momento musical, os participantes dirigiram-se para o Parque da Cerca. Foram recebidos pelos instrumentos de percussão dos Tocándar. Mais adiante, junto ao anfitreatro ao ar livre daquele parque, o músico Bruno Simão apresentou, à viola, três temas de música clássica.

 

Ainda tendo como cenário o Parque da Cerca, a Orquestra da Amieirinha, dirigida pelo Maestro Ricardo Henriques, interpretou conhecidos temas da música ligeira. Junto ao jardim tardoz do Arquivo Municipal, o Rancho Folclórico de Picassinos integrou o programa, tocando e dançando temas de música tradicional portuguesa.

 

O encerramento da iniciativa ocorreu no Praça Guilherme Stephens, onde atuou a fadista Helena Gentil que, “à capela”, interpretou três fados, sendo um deles de Coimbra.

 

Neste evento evocativo do Dia Internacional da Música, a Câmara Municipal da Marinha Grande faz um balanço positivo, agradecendo a colaboração das seguintes entidades e pessoas:

Associação Tocándar, Bruno Simão, Café Jardim Luís de Camões, Carlos Martins, Focus – 1923, Grupo Coral Tertúlia dos Anos de Ouro, Helena Gentil, Igreja Paroquial da Marinha Grande, Orquestra da Amieirinha, Orquestra Ligeira da Marinha Grande, Rancho Folclórico de Picassinos e Sport Operário Marinhense.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *