Sociedade

Pilar del Río inaugura curso sobre a obra de José Saramago em Vila Real de Santo António

A Biblioteca Municipal Vicente Campinas, em Vila Real de Santo António, recebe, na próxima segunda-feira, dia 8 de outubro, às 18h00, a sessão inaugural do curso «Aula José Saramago». A cerimónia contará com a participação de Pilar del Río, presidenta da Fundação José Saramago.

 

A iniciativa é desenvolvida em paralelo com a Biblioteca Provincial de Huelva, num projeto de cooperação transfronteiriça de âmbito cultural que promove a reflexão e o debate dos valores na obra literária de José Saramago.

 

Por esta razão, o curso decorrerá simultaneamente na Biblioteca Municipal Vicente Campinas (Vila Real de Santo António) e na Biblioteca Provincial de Huelva, mantendo, no entanto, o mesmo programa. A exceção será feita às sessões de abertura e encerramento, que serão efetuadas em conjunto e acessíveis ao público em geral.

 

As aulas serão dinamizadas por Diego J. González Martín, licenciado em Ciências da Educação, um amante e estudioso da obra de José Saramago, membro fundador da Associação Cultural Crecida de Ayamonte.

 

O currículo da iniciativa irá dedicar-se ao estudo de nove obras de Saramago, ao ritmo de uma sessão mensal, entre os meses de outubro e maio.

 

Da lista de livros em debate fazem parte as obras «Deste mundo e do outro», «Levantado do chão», «Viagem a Portugal», «O ano da morte de Ricardo Reis», «O evangelho segundo Jesus Cristo», «Caderno de Lanzarote», «Ensaio sobre a cegueira», «Ensaio sobre a lucidez» e «O caderno 2».

 

Este espaço de reflexão e debate pretende assim proporcionar um maior conhecimento da obra de José Saramago, potenciando a sua utilização na formação de uma cidadania responsável.

 

De acordo com o vereador com o pelouro da Cultura da Câmara Municipal de VRSA, José Carlos Barros, «o elevado número de inscrições neste curso demonstra bem o papel que as bibliotecas municipais podem ter, e têm, na promoção de uma cidadania ativa, e como esse papel é compreendido pela comunidade».

 

«O que está em causa na ‘Aula José Saramago’ não é apenas aprofundar o conhecimento sobre uma obra literária – o que já seria muito –, mas também, ou essencialmente, a reflexão e o debate de ideias que essa obra literária possibilita», nota José Carlos Barros.

 

«Honra-nos muito, claro, a presença de Pilar del Río na sessão inaugural da ‘Aula José Saramago’. Mas, mais que uma honra, a sua presença significa sobretudo o interesse que a Fundação, através da sua Presidenta, reconhece a esta iniciativa cultural e de cidadania. Trata-se, como é bom de ver, de um encontro feliz que junta um especialista e profundo conhecedor da obra do autor de «A Jangada de Pedra» e duas bibliotecas que representam as duas margens de um mesmo rio», conclui o vice-presidente da autarquia de VRSA.

 

O curso «Aula José Saramago» tem o apoio da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, da Fundação José Saramago e da Junta de Andalucía.

 

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *