Amadora, Cultura

Alberto Gordillo expõe na Casa Roque Gameiro na Amadora

Um dos principais nomes da joalharia contemporânea nacional expõe na Casa Roque Gameiro, nesta que é mais uma iniciativa integrada nas comemorações do 33.º  aniversário do Município da Amadora.

Alberto Gordillo, joalheiro e escultor, nasceu em Moura em 1943. Com 12 anos começou a aprender ourivesaria na oficina de um tio em Lisboa, tendo iniciado uma ourivesaria de características extravagantes para a época, utilizando novos materiais. Datam dos finais dos anos 50 as suas primeiras joias modernas. É considerado o pioneiro da Joalharia Moderna Portuguesa, o mais premiado e mencionado em publicações, e o que mais exposições realizou. Idealizou e executou algumas notáveis joias de alta joalharia, com destaque para o famoso colar-teia com 300 gramas de platina e 150 brilhantes, exibido na Bolsa dos Diamantes de Londres e exposto no Museu Nacional do Traje. Em 1974 fundou a Galeria Tempo em Lisboa. Realizou a primeira exposição de joalharia em janeiro de 1963 e a primeira de escultura em 1971. Em 2001 é apresentada a sua exposição documental/bibliográfica com cerca de mil publicações, (jornais, revistas, catálogos e livros), na Galeria Municipal de Arte da cidade de Moura, sua terra natal, onde se encontra também o Museu de Joalharia Contemporânea Alberto Gordillo.

Consulte o programa detalhado em www.cm-amadora.pt.

Exposição patente de 8 a 29 de setembro

Casa Roque Gameiro

Segunda a sábado – das 10h00 às12h30 e das 14h00 às 17h30

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *