Palmela, Sociedade

Requalificação da Praça Duque de Palmela concluída

Está concluída a intervenção na Praça Duque de Palmela, espaço central do Centro Histórico. Os trabalhos de requalificação, promovidos pela Câmara Municipal, decorreram durante o verão, no âmbito do Plano de Ação “Recuperação e Dinamização do Centro Histórico de Palmela”, operação cofinanciada pelo QREN, através do PORLisboa, regulamento específico Política de Cidades – Parcerias para a Regeneração Urbana.

A empreitada relativa a esta intervenção integra, também, a requalificação do Largo do Município (que irá avançar nos próximos dias), da Alameda Nuno Álvares Pereira, do Miradouro e da Av.ª dos Cavaleiros da Ordem de Santiago, proporcionando um novo enquadramento ao Castelo e aos vários monumentos e edifícios de interesse situados na envolvente.

A requalificação das infraestruturas de abastecimento de água, drenagem de águas residuais e repavimentação, a remodelação da configuração urbana do largo, com repavimentação e alteração da afetação do espaço, promovendo a acessibilidade pedonal, a reformulação da rede de iluminação pública, com objetivos estéticos, mas também de maior eficiência energética, e a criação de um espaço verde, foram algumas das principais intervenções contempladas no projeto.

De traça medieval, a Praça Duque de Palmela é, também, conhecida como Largo do Pelourinho, por albergar o Pelourinho da vila, datado de 1645 e classificado como Monumento Nacional em 1910. A estrutura, imponente e harmoniosa, apresenta as Armas Reais de D. João IV, encimadas pela Coroa Real.

Também na Praça, encontramos a Igreja da Misericórdia, do século XVII, edifício de uma só nave, com um conjunto de azulejos e um altar de talha joanina de grande interesse.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *