Cultura, Mangualde

Exposição «Uma luz ao fundo do túnel» em Mangualde

De 3 a 28 de setembro, a Sala Polivalente da Biblioteca Municipal de Mangualde acolhe a exposição «Uma luz ao fundo do túnel». Os trabalhos, da autoria de Fábio Rodrigues, são uma expressão da arte outsider e foram desenvolvidos essencialmente a partir de carvão e acrílico.

 

Natural de Viseu, Fábio Miguel Pais Rodrigues nasceu em 1984 e desde muito cedo sentiu um fascínio pelo mundo das artes, em especial pelas artes plásticas. Em 2000 entra no curso de Design da Escola Secundária de Nelas, mas logo percebeu que não era esse o seu caminho, tendo abandonado os estudos no 12º ano. Durante o seu percurso de vida, o autor foi convivendo com vários artistas plásticos, atores, dj´s, músicos e cantores que o influenciaram. Em 2011, viajou para Londres onde trocou várias experiências com um Dj de house music que o incentivou a desenvolver o seu atual projeto pessoal. Dedicado mais ao desenho no papel, desenvolveu um estilo próprio com algumas influências de artistas como Kandinsky, Dali, Cartoon… Misturando frases ou palavras e experimentando outros traços conforme o seu estado de alma, utiliza lápis de graffiti e  folhas A3 tentando passar momentos, sentimentos e mensagens. Fábio Rodrigues é um artista plástico que procura renascer o surrealismo conectando-o à arte contemporânea através da arte outsider, o mais recente movimento artístico da atualidade portuguesa.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *