Economia, Santo Tirso, Sociedade

200 mil euros para obra no centro da cidade de Santo Tirso

Duzentos mil euros foi o valor da intervenção na Rua 5 de Outubro e Travessa 5 de Outubro, na cidade de Santo Tirso, naquela que é mais uma importante obra para a consolidação do núcleo da sede do concelho e que complementa e reforça a sua centralidade. Este conjunto de intervenções faz parte duma estratégia global de requalificação, donde se podem destacar outras obras, pelo bom exemplo que representam, como é o caso do Largo do Tribunal.

O carácter da intervenção seguiu o figurino habitualmente usado pela Câmara Municipal de Santo Tirso para este tipo de requalificação no centro da cidade, utilizando materiais característicos da região, nomeadamente blocos (cubos) de granito para a pavimentação das zonas de circulação, quer de peões, quer de automóveis, dignificando, com um desenho urbano sóbrio e com identidade, o espaço intervencionado.

Em complemento, como tem sido hábito, aproveitou-se a intervenção para reformular e instalar as infraestruturas básicas essenciais, como a iluminação pública, drenagem de águas pluviais e residuais, distribuição pública de água, etc.

A Requalificação Urbana da Cidade de Santo Tirso tem outro bom exemplo: a Praça General Humberto Delgado e Rua Nuno Álvares Pereira. Neste investimento, avaliado em cerca de um milhão e duzentos mil euros, a Câmara Municipal de Santo Tirso, pretendeu alcançar a revitalização duma parte substancial do “coração” da Cidade e a requalificação duma zona que já não era sujeita a qualquer intervenção, desde que ali foi construído o Tribunal, há mais de cinquenta anos.

Na demanda permanente de fazer mais e melhor, estão já previstos novos investimentos para a cidade, como é o caso da conceção e estudo prévio destinado à Requalificação da Praça Camilo Castelo Branco e áreas adjacentes. A solução encontrada irá permitir, não só requalificar esta importante zona da cidade, como também acabar com os constrangimentos viários de entrada em Santo Tirso.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. gastou se demasiado dinheiro nesta obra que não era assim tão importante , eu como residente à mais de 40 anos só vejo Santo Tirso  a recuar no tempo, o prédio a entrada da cidade esta uma vergonha igualmente  o que esta ao pé da escola primária na rua Carneiro Pacheco não acredito que a nossa câmara possa fazer mais , sou uma das interessadas no acabamento das obras do prédio no centro da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *