Desporto

Francesco “lascou-se” para o sprint mas a amarela continua sul-africana

Ao terceiro dia, a 74ª Volta a Portugal Liberty Seguros assistiu, na Trofa, à primeira chegada discutida ao sprint. A segunda etapa foi ganha por Francesco Lasca (Caja Rural), um italiano que se impôs no grupo onde Sérgio Ribeiro (Efapel/Glassdrive) foi o melhor português classificado na sexta posição.

 

“Havia uma subida dura na parte final da etapa e também havia algum piso empedrado que dificultou a aproximação à meta. A minha equipa fez um trabalho excelente ao ajudar a alcançar a fuga. Depois tentei posicionar-me bem para o sprint e, nos últimos 150 metros, consegui chegar à frente para ganhar”, disse Francesco Lasca, o jovem corredor de 24 anos, pouco antes de ser aplaudido na cerimónia de pódio. No rosto tinha estampada a expressão da felicidade porque esta foi a segunda vitória na primeira temporada que faz como profissional.

 

O sul-africano Jay Thomson (United Healthcare) integrado no pelotão manteve a Camisola Amarela Liberty Seguros e a vantagem de 36 segundos sobre o segundo da geral, Hugo Sabido da LA Alumínios/Antarte. Thomson junta à liderança da Volta a Camisola Azul Meo do prémio da montanha. Na luta pela Camisola Vermelha Bic, relativa à classificação por pontos, Sabido conseguiu levar a melhor ultrapassando a pontuação do sul-africano. José Gonçalves (Onda) continua a ser o melhor jovem em prova o que lhe vale a Camisola Laranja RTP.

 

Para a história desta etapa de 191,5 quilómetros que ligou Oliveira do Bairro à Trofa fica a vitória de Francesco Lasca. Antes, outros protagonistas se evidenciaram ao rodar isolados na frente desde muito cedo, mas a dois quilómetros da meta, os últimos resistentes foram alcançados pelo pelotão que discutiu em bloco a chegada à Trofa.

 

À partida houve festa quando a caravana cantou os parabéns a você ao algarvio Nelson Vitorino (Carmim/Prio) que festejou o 37º aniversário e ficou também registada a homenagem da Câmara de Oliveira do Bairro e da empresa Recer aos antigos corredores Cássio Freitas e Joaquim Gomes. Ao serviço da Recer/Boavista ambos venceram a Volta a Portugal. Cássio em 1992 e Gomes um ano depois. Duas décadas depois, o brasileiro é director desportivo adjunto da equipa Funvic/Pindamonhangaba, um conjunto que está a correr a 74ª Volta a Portugal Liberty Seguros e Joaquim Gomes o director da principal prova velocipédica portuguesa.

 

Morte de Joaquim Sousa Santos

 

O ambiente de festa da terceira etapa foi assombrado, já na Trofa, com a notícia da morte de Joaquim Sousa Santos. O antigo corredor foi vencedor da Volta a Portugal em 1979. Após uma curta carreira de três anos no ciclismo profissional ao serviço do FC Porto, Joaquim Sousa Santos enveredou pela medicina.

 

Ainda com poucas informações sobre a morte do antigo campeão, a organização da 74ª Volta a Portugal Liberty Seguros associa-se a este triste momento apresentando condolências aos familiares e amigos  guardando para o início da etapa deste sábado um minuto de silêncio em sua homenagem Joaquim Sousa Santos, natural S. João de Vêr, faleceu esta sexta-feira aos 59 anos.

 

 

A Volta Continua…

 

Este sábado o Alto Minho vai surgir no itinerário da 74ª Volta a Portugal Liberty Seguros quando Vila Nova de Cerveira se estrear, como palco de partida de uma etapa. A partida da terceira tirada será dada junto às instalações do Inatel saindo o pelotão em direcção a Fafe. Diz a tradição que as chegadas à cidade se fazem com muito calor e espectáculo desportivo proporcionado pelos sprinters, atendendo à fantástica recta que antecede a meta, instalada, desta vez, na Avenida do Brasil.

 

Hoje:

3ª Etapa – 18 Agosto 2012 – 176,1Km

Partida: 12h50 – Vila Nova de Cerveira (INATEL)

Chegada: 17h20 (horário previsto) – Fafe

 

A 74ª da Volta a Portugal Liberty Seguros tem o apoio das câmaras municipais de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oliveira do Hospital, Oliveira do Bairro, Trofa, Vila Nova de Cerveira, Fafe, Viana do Castelo, Mondim de Basto, Armamar, Oliveira de Azeméis, Aveiro, Viseu, Gouveia, Sabugal, Guarda, Seia, Leiria, Sintra e Lisboa.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *