Cultura, Póvoa de Varzim

Sugestões no arranque da Feira do Livro na Póvoa de Varzim

A Feira do Livro abre as suas portas sexta-feira, 3 de agosto, e com ela arrancam as atividades de animação para todos os gostos e públicos.

Às 16h30, Cláudia Ribeiro, em colaboração com a Biblioteca Municipal, incita os mais novos a participarem na iniciativa “Procura o livro”. Este será o primeiro de vários desafios pensados para as crianças passarem momentos simultaneamente lúdicos e pedagógicos no espaço da Feira do Livro.

As artes marciais e a dança também marcam este primeiro dia, sendo que, às 18h00, a Associação Cultural e Desportiva da Mariadeira irá exibir apontamentos de capoeira e, às 21h30, a Academia Artedança irá apresentar um espetáculo de dança. À mesma hora, no Diana Bar, terá lugar a abertura da Exposição de Cartoons “Eça e Portugal”, por Ricardo Campus.

No sábado, dia 4, os escritores Luís Miguel Rocha e Leonor Mexia estarão no recinto da Feira para sessão de autógrafos, às 17h00, e leituras, às 17h30, respetivamente. A iniciativa decorre em colaboração com a Porto Editora.

Luís Miguel Rocha nasceu na cidade do Porto em 1976, onde mora atualmente, depois de ter passado dois anos em Londres.

Foi repórter de imagem, tradutor e guionista; hoje em dia dedica-se em exclusivo à escrita.

A Mentira Sagrada é o seu quinto livro, depois de Um País Encantado (2005), O Último Papa (2006), Bala Santa (2007) e A Virgem (2009).

As suas obras estão publicadas em mais de 30 países e foi o primeiro autor português a entrar para o top do New York Times. O Último Papa, best-seller internacional, vendeu mais de meio milhão de exemplares em todo o mundo. Mais informações em: www.luismiguelrocha.com e www.facebook.com/luismrocha

Leonor Mexia nasceu no Porto, em 1970. É casada e mãe de dois filhos.

Foi-lhe atribuída uma Menção Honrosa pelo conto Onde se meteu a lua?, editado na coletânea Um mar de contos, de quinze autores lusófonos.

Escreveu o conto O cordeiro do João, texto de apresentação dos “Bebés de S. João” – voluntariado do Hospital de S. João, de que faz parte.

Tem um texto seu no livro Curso de Escrita Criativa I, de Pedro Sena-Lino (Porto Editora).

O livro A caixa da avó Maria (Porto Editora) foi editado em 2009 e integra o Plano Nacional de Leitura desde 2010. Nesse mesmo ano publicou Nós, nas Palavras, uma série de textos pessoais, pensamentos, reflexões.

Foi júri no Concurso Literário “Ser solidário”, promovido pelo Hospital de S. João.

 

Durante a tarde, o Varazim Teatro também marcará presença com Mendig.Arte.

Às 18h30, terá lugar a apresentação do livro Da Antiga Capela de S. Tiago à Nova Igreja da Misericórdia, de Deolinda Carneiro e José Flores. No Prefácio da obra, os autores explicam que “estudar o Património Artístico da Santa Casa da Misericórdia fundada na Póvoa de Varzim há 250 anos, não se resume a analisar e descrever obras de arte adquiridas ao longo de dois séculos e meio. Esta Instituição “estabeleceu-se” e “herdou” a antiga Igreja Matriz da vila da Póvoa e, com ela, retábulos, mobiliário, esculturas, pinturas, alfaias litúrgicas e tudo o que não foi transferido para a nova Igreja Matriz em 1757. O seu património espelha a história da formação da Póvoa de Varzim, desde a primitiva ermida dedicada a S. Tiago, às actuais instalações de Solidariedade Social. São mais de sete séculos de arte que vemos reflectidos nas peças que pertencem (ou pertenceram) à Santa Casa”.

 

À noite, a Feira do Livro terá música ao vivo com um concerto pelo grupo “Ponto Final”, no palco do Passeio Alegre, às 22h00.

 

A 5 de agosto, domingo, a Feira irá contar com mais uma exibição de capoeira da Associação Cultural e Desportiva da Mariadeira, às 16h30, e às 18h00, com as leituras de Mário João Alves, iniciativa em colaboração com a editora Trinta por Uma Linha.

Mário João Alves nasceu em Perafita. É tenor e licenciou-se em Canto no Conservatório Superior de Musica de Gaia. Prosseguiu os seus estudos em Turim e Génova. Além de músico é autor premiado. Escreveu «Amílcar, o consertador de búzios calados» (2011), editado pela Trinta Por Uma Linha.

 

A Feira do Livro abre às 16h00, exceto no dia 15 de agosto que abre às 14h00, encerrando, todos os dias, às 24h00. No portal municipal pode acompanhar o certame e consultar o programa de animação.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *