Sociedade, Vila Real de Santo António

Presidente da Câmara Municipal de VRSA agradece a toda a população que se solidarizou com bombeiros

Na passada semana, e no decorrer do devastador incêndio que afectou o Algarve, foram lançados, através das redes sociais, de telemóveis e dos próprios meios de comunicação social, pedidos de colaboração para com os bombeiros, para a entrega de água, leite, sumos, refeições ligeiras e alguma roupa interior e toalhas.

 

Para Eduardo Bonança, coordenador da Protecção Civil de VRSA “apesar da crise que se faz sentir e das muitas dificuldades que lhe estão associadas, tivemos uma extraordinária resposta por parte de toda a população. Desde os mais novos aos mais velhos, todos contribuíram deixando vários bens no quartel sede dos Bombeiros Voluntários da cidade”.

 

No total foram entregues mais de 2 toneladas de bens essenciais como água, sumos, leite, pão, fruta, bolachas e roupa.

 

“Em especial na sexta-feira e sábado a adesão foi muito grande. Alguns supermercados, comércios, restauração e padarias também se solidarizaram oferecendo o que podiam” acrescenta Eduardo Bonança.

 

Luís Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, e responsável da Protecção Civil da cidade, agradece a toda a população que se mobilizou para apoiar os bombeiros de Portugal que estiveram a combater os fogos da última semana, e que aderiram à campanha espontânea da população anónima para a entrega de bens.

 

“Quero deixar um agradecimento público a todos os que se solidarizaram com esta causa. Ficámos muito sensibilizados com tão grande movimentação e manifestação de solidariedade. Participaram pessoas de todas as idades, desde os mais novos aos mais velhos”, refere o autarca.

 

“Tivemos inclusivamente jovens que se vieram oferecer para ajudar a combater os fogos, sem terem qualquer experiência, o que demonstra a sensibilização e solidariedade para com todos aqueles que ao longo de vários dias estiveram no combate às chamas”.

 

“Mais uma vez foi bem explícito o tamanho do coração da nossa população, que mesmo passando por dificuldades participaram com tudo o que podiam e isso merece o nosso maior e mais profundo reconhecimento”, bem como uma palavra de apreço aos Bombeiros que de uma forma abnegada debelaram as chamas neste nosso Algarve, conclui Luís Gomes.

 

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *