Cultura, Marinha Grande, Turismo

Exposições no Turismo de São Pedro de Moel na Marinha Grande

O Posto de Turismo de São Pedro de Moel, situado na Praceta Engº José Lopes Vieira, junto ao Bambi, apresenta exposições de Carlos Reys e Fátima Rodrigues, de 17 de julho a 5 de agosto. As mostras são organizadas pela Câmara Municipal da Marinha Grande.

 

Carlos Reys apresenta uma exposição de desenhos à pena a tinta da china, intitulada “Pinheiros serpente de São Pedro de Moel”, estando patentes 12 telas.

 

Carlos Reys é natural da Figueira da Foz – 1937 – onde iniciou os seus estudos e despertou o gosto pelo desenho.

Frequentou o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra para complemento dos conhecimentos técnicos inerentes à sua vida profissional deslocando-se para a Marinha Grande onde está radicado há longos anos.

 

Licenciado em Design Industrial pelo ISDOM (Universidade Lusófona) trabalha na Indústria de Moldes para Plásticos. Como designer destacou-se na criação e desenvolvimento do projeto de artigos produzidos no material plástico em

grande parte adquiridos para a linha “Regaline” da Companhia Americana Del Rey Plastic Corp. de New York.

 

Desde cedo começou a dedicar-se às Artes Plásticas e a partir dos anos 60 iniciou a sua participação em manifestações culturais na região, através da ilustração de poesia.

 

Esquilos, robalos, urze e camarinhas

 

O Posto de Turismo tem também patente a exposição “Onde a terra se acaba e o mar começa… Da natureza para a mesa / Saborear São Pedro”, que exibe produtos gourmet da autoria de Fátima Rodrigues.

 

Podem ser observadas ou degustadas diversas iguarias regionais, como bolachas em forma de esquilo, sargo, robalo, víbora do pinhal; bolo de pinhão, bolachas de urze (planta característica do Pinhal do Rei), geleia de camarinha (baga da camarinheira que é um arbusto endémico quase exclusivamente do litoral português).

 

Fátima Rodrigues representa o projeto “Saborear – Eventos e Marés”, destinado a festas gourmet e que criou uma linha gourmet de produtos completamente artesanais e de produção limitada para cada ocasião especial.

 

As exposições podem ser vistas de terça-feira a sábado, das 10h00 às 13h00 e 15h00 às 19h00. Para mais informações deve ser contactado o número de telefone 244599633.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *