Cultura, Tomar

Graça Morais expõe em Tomar a partir de 22 de julho

A exposição de Graça Morais na Galeria dos Paços do Concelho de Tomar inaugura no dia 22 de julho, domingo, pelas 18 horas, um pouco mais tarde do que o habitual porque o tempo é de verão e o final da tarde presta-se mais a um acontecimento que vale pela importância da autora e do seu trabalho, mas também pela oportunidade de ser guiado pela própria numa visita às 38 obras expostas.

Ora, no entender de Fernando de Azevedo, o antigo Presidente da Sociedade Nacional de Belas Artes que deu espírito à fisicalidade das exposições de Tomar, Graça Morais era, nos finais da década de oitenta do século passado, o mais singular e talvez mesmo o mais perturbante [discurso] da pintura portuguesa.

A sua obra desnuda amor, mito e religião, erotismo e paixão, violência e ternura, com a simplicidade peculiar das coisas naturais. E é essa força de uma natureza mágica transmitida pela pintura e pela palavra, que Tomar terá o privilégio de ver e escutar pela voz da própria artista, que será apresentada pela professora-doutora Cristina de Azevedo Tavares.

A visita será dirigida pela própria artista, na presença de conceituados críticos de Arte Contemporânea e eminentes professores de História de Arte, que farão pequenas palestras de introdução e contextualização da exposição.

Pretende-se que, particularmente o público menos familiarizado com a Arte Contemporânea, possa apresentar as suas dúvidas e tente aperceber-se de algumas das ideias que conduziram a artista à criação das suas obras e do pensamento formulado posteriormente, quer pela pintora, quer pelos especialistas.

A exposição estará patente na Galeria dos Paços do Concelho, situada na Praça da República, em Tomar, até 30 de Setembro, aberta de terça-feira a domingo das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00. Entrada livre.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *