Cultura, Póvoa de Varzim

Fernando Costa e João Xavier atuam no 34º no Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim

O dia 13 de julho será dedicado a Novos Intérpretes, no Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim.

Os jovens instrumentistas Fernando Costa e João Xavier, vencedores do Prémio Jovens Músicos 2011 da Antena 2, categorias violoncelo e piano (nível superior), encerram o seu recital com uma das obras mais fascinantes escritas para este duo instrumental. Na primeira parte, João Xavier apresenta-se como intérprete solista de duas admiráveis composições pianísticas do século XX.

O espetáculo será às 21h45, no Auditório Municipal.

 

Fernando Costa

Fernando Costa, natural de Vila Nova de Gaia, nasceu em 1991. Iniciou os seus estudos de Violoncelo em 1998 com o Professor Valter Mateus, no Conservatório Regional de Gaia, tendo no 1º grau a professora Isabel Delerue. Mais tarde, retomou os estudos com o Professor Valter Mateus. Conclui o curso complementar de violoncelo com nota máxima, no ano lectivo de 2008/2009. Actualmente frequenta o 3º ano de Licenciatura na ESMAE na classe de Violoncelo de Jed Barahal. Em 2010 foi distinguido com bolsa de mérito do Instituto Politécnico do Porto.

Trabalhou com professores como José Augusto Pereira de Sousa, Jed Barahal, Ernst Reijseger, Lea Hosch, Paulo Gaio Lima, Dimitri Ferschtman, Romain Garioud, Márcio Carneiro, Anne Gastinel, Natalia Gutman, Aage Kvalbein, Carolina Landriscini, Pavel Gomziakov, Filipe Quaresma e Lluis Claret.

Obteve o 1º Prémio no Concurso Interno de Cordas do Conservatório Regional de Gaia (2004); 1º Prémio no 13º Concurso Santa Cecília (2011); 1º Prémio no Prémio Jovens Músicos 2011, Categoria Violoncelo, Nível Superior; Menção honrosa no Prémio Jovens Músicos 2009, Categoria de Violoncelo, Nível Médio. Foi laureado com o 3º Prémio do Prémio Jovens Músicos 2007, Categoria de Música de Câmara Nível Médio e recebeu Menção Honrosa no I Concurso de Composição Musical, Gaia 2008.

Recentemente gravou com o pianista Luís Costa para uma revista interactiva de Arquitectura, desenvolvida pela 29HD Network (USA) para o 29GPS da Apple iPhone, com trabalho fotográfico de Fernando Gabriel sobre uma obra do arquitecto Francisco Portugal e Gomes.

Apresentou-se como solista acompanhado pela Orquestra Gulbenkian, Filarmonia de Gaia e Orquestra Clássica do Conservatório de Gaia.

Integrou a Orquestra Filarmonia de Gaia, Orquestra Clássica do Conservatório Regional de Gaia e Orquestra Sinfonieta da Esmae. Em 2007, trabalhou em estágio numa orquestra de jovens pertencentes à União Europeia, BISYOC. Participa, também, como músico e co-arranjador na Orquestra Juvenil de Gaia e Orquestra Metropolitana  (projectos de inclusão) e Orquestra de Câmara de Gaia.

Trabalhou sobre a direcção de vários maestros como Rui Massena, Pedro Neves, André Lousada, António Saiote, Nayden Todorov, Florin Totan, Pieralberto Cattaneo, German Cáceres, Harry Lyth, Eduardo Rahn, Julian Gibbons, Berislav Skenderovic, entre outros. Trabalhou em música de câmara com os professores Valter Mateus, Pilar Andrino, Dario Golcic, Dimitris Andrikopoulos, Marta Eufrázio, Ryszard Woycicki, Miguel Borges Coelho, entre outros.

 

 

João Xavier

João Xavier nasceu em 1993 e começou a estudar música no Conservatório do Vale do Sousa em 2003, com a professora Elisa Moutinho.

Terminou, em 2011, o 8º grau no mesmo Conservatório, na classe da professora Luísa Ferreira.

Atualmente, estuda na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, na classe de Pedro Burmester.

Foi laureado em vários concursos, nomeadamente no 4º Concurso Ibérico de piano do Alto Minho (2º prémio); em 2009 no Concurso Internacional ‘Cidade do Fundão’ (2º prémio); no V Concurso de Piano da Póvoa de Varzim (1º prémio); no X Concurso Florinda Santos (1º prémio) e no 12º Concurso Sta. Cecília (1º prémio).

Participou em Masterclasses lecionadas por Sequeira Costa, Constantin Sandu, Miguel Borges Coelho, Filipe Pinto-Ribeiro, Cristina Ortiz, Tania Achot, Andrei Diev e Elisso Virsaladze.

Apresentou-se no Salão Nobre do Palácio da Bolsa; nos festivais Dias da Música e 1001 Músicos, no CCB; no Auditório Municipal da Póvoa de Varzim; no festival Musicatos, em S. João da Madeira; no Auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora e no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, com a Orquestra Gulbenkian, sob a direção de Pedro Neves.

Em 2011, obteve o 1º lugar no Prémio Jovens Músicos, na categoria de piano – nível superior.

Estuda também na Scuola di Musica di Fiesole, em Itália, com a pianista Elisso Virsaladze.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *