S. João da Madeira, Tecnologia

S. João da Madeira será o primeiro concelho wireless de Portugal

Uma rede municipal de acesso à internet irá abranger todas as áreas residenciais e empresariais de S. João da Madeira, permitindo aos habitantes e visitantes do concelho a sua utilização gratuita. Com uma vocação especial para os principais locais públicos e para os bairros sociais, onde a velocidade de acesso à rede será  maior, a nova infraestrutura será um instrumento poderoso de desenvolvimento social e económico. A partir desta semana S. João da Madeira será o primeiro concelho wireless em Portugal.

 

Dia 15 de junho, às 17h00, será lançada oficialmente a SANJONET – Rede Municipal Sem Fios de Acesso à Internet. A sessão de lançamento contará com a presença do ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas. Antes dele falará Castro Almeida, presidente da Câmara de S. João da Madeira, e Manuel Ramalho Eanes, administrador da Optimus, a empresa responsável pela instalação e gestão da infraestrutura.

Na mesma sessão será também assinado um protocolo entre a Câmara de S. João da Madeira e o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC) do Porto. O INESC/Porto foi consultor para o lançamento do concurso e, a partir de agora, estudará a rede envolvendo participantes num programa doutoral, desenvolvido em parceria com uma universidade americana. Com base nesse trabalho o INESC procederá  à experimentação de novas soluções e serviços por si desenvolvidos.

 

Os contornos da SANJONET foram moldados pela visão que a Câmara quis imprimir ao projeto: utilizar esta infraestrutura como instrumento de promoção da igualdade de oportunidades no concelho; e fornecer às micro e pequenas empresas sediadas no seu território mais um instrumento para a sua modernização, favorecendo ao mesmo tempo a criação de produtos inovadores acessíveis através da rede.

Por essa razão foi posto no Caderno de Encargos (ver anexo com excertos) um especial ênfase na qualidade de acesso à rede nos bairros sociais do concelho, estipulando que em cada habitação devia haver, pelo menos, uma divisão com boas condições de captação e velocidade. Não fazia sentido que nas escolas as crianças recebessem computadores Magalhães, por exemplo, e depois, em casa, não pudessem utilizar o aparelho para navegar.

A rede que estará disponível no final desta semana corresponde a uma primeira fase do projeto, uma vez que a partir de agora será necessário verificar quais são as zonas do concelho que irão gerar mais procura. Em função dessa distribuição dos acessos, irão iniciar-se os reforços de largura de banda que sejam necessários. Para já, foram detetadas boas velocidades em 88,5% dos 166 pontos medidos no município (ver anexo Cobertura do Município): nos bairros sociais essa percentagem sobe para 89,74% e nos 30 principais locais de interesse público para 93,33%.

 

 

 

Só em três pontos da cidade foram detetados problemas, os quais estão em vias de resolução. Em cada um deles, no entanto, basta um movimento de poucos metros em qualquer direção para se apanhar rede em boas condições.

Qualquer pessoa pode ter acesso à rede durante meia-hora para fazer o que entender, nomeadamente inscrever-se como utente. Para navegar mais do que esse período, já é necessária a inscrição, sendo que cada utilizador terá 2 GB de tráfego (capacidade para fazer downloads ou uploads) disponíveis por mês. Tudo é gratuito.

A partir de sexta-feira, dia 15, funcionará um serviço de assistência aos utilizadores da rede, vulgo “helpdesk”, entre as 9h00 e as 18h00 nos dias úteis e entre as 14h00 e as 17h00 aos sábados, domingos e feriados.

 

 

 

 

Sessão de lançamento da SANJONET

 

Dia 15 de junho de 2012

PAÇOS DA CULTURA| S. JOÃO DA MADEIRA

17:00

– Apresentação do projeto pela Optimus Comunicação SA

– Intervenção do Senhor Presidente da Câmara

– Assinatura de protocolo entre a Câmara Municipal de SJM e o INESC/Porto

– Intervenção do Senhor Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares

 

17:50

– Demonstração de acesso ao wireless concelhio no exterior

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *