Nisa, Sociedade

Nisa recebe sessão participativa do PIMPA

No âmbito do Plano Intermunicipal de Promoção da Acessibilidade do Alto Alentejo (PIMPA) o município de Nisa recebe a próxima sessão de participação pública deste projeto.

No dia 20 de junho, às 9h45, na Biblioteca Municipal de Nisa, todos os interessados poderão apresentar contributos relativos à acessibilidade e priorizar intervenções que conduzam a um Alto Alentejo acessível a Todos.

Depois de onze municípios do Alto Alentejo já terem recebido sessões participativas do PIMPA chega a vez dos cidadãos de Nisa colaborarem ativamente na persecução deste projeto.

Aberta a todos os interessados, a sessão servirá para a equipa técnica explicar em pormenor o projeto PIMPA e tem como objetivo essencial recolher contributos sobre as questões relacionadas com a acessibilidade no espaço público de cada município. Será ainda realizada uma saída de campo, verificando “in loco” as barreiras arquitetónicas e urbanísticas que possam condicionar a acessibilidade dos cidadãos.

Esta etapa do projeto, em que se envolve directamente a comunidade na procura de soluções para a melhoria da sua qualidade de vida, traduz-se numa nova forma de planear, investindo-se passo a passo na democracia participativa.

Saída ao terreno

À semelhança do realizado nos encontros anteriores do PIMPA esta sessão não se limita ao espaço de “sala”. Os participantes serão convidados a percorrer as principais vias do município, identificando barreiras arquitetónicas e urbanísticas e propondo intervenções de melhoria da acessibilidade do espaço público e dos equipamentos locais, numa perspetiva de plena integração de todos e de construção de um Alto Alentejo mais acessível e inclusivo.

Todos os interessados poderão ainda simular diferentes condicionalismos à acessibilidade, seja permanente ou temporária, através da realização de deslocações com vendas nos olhos, bengalas, canadianas, carrinhos de bebé, entre outros. Pretende-se sensibilizar todos para as dificuldades que a população com mobilidade reduzida enfrenta diariamente no acesso ao espaço e equipamentos públicos.

Destaca-se ainda que as intervenções de melhoria das condições de acessibilidade identificadas pelos participantes serão priorizadas pelos próprios, permitindo à equipa técnica incorporar a visão da comunidade local no processo de planeamento urbano.

 

Plano Intermunicipal de Promoção de Acessibilidades do Alto Alentejo

Relembre-se que o Plano Intermunicipal de Promoção de Acessibilidade do Alto Alentejo (PIMPA) é uma iniciativa promovida pela Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) que conta com a colaboração ativa dos municípios de Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel.

O PIMPA pretende ser um mecanismo de promoção da acessibilidade e do design inclusivo. Sendo, ao mesmo tempo, um processo de co-responsabilidade dos cidadãos e das autarquias, na transformação do espaço público e com vista a uma plena integração de todos e melhoria da qualidade de vida de todos.

O projecto é co-financiado pelo Quadro de Referencia Estratégico Nacional, na sequência da candidatura aprovada pelo Programa Operacional do Potencial Humano (POPH) e apoiado tecnicamente pelo consórcio de empresas INNOV, Lda. e VASTUS, Lda.

 

Para saber mais sobre o PIMPA:

http://pimpaaltoalentejo.wordpress.com/ ou contacte:

– Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo: José Conchinha | jose.conchinha@cimaa.pt | 245 301 440

– INNOV, Lda.: Marta Macedo | marta.macedo@innovmodel.com | 933 418 688

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *