Lousã, Sociedade

Escola Nacional de Bombeiros e o grupo Portucel-Soporcel criam programa de sensibilização sobre medidas de prevenção de incêndios florestais – Lousã

A Escola Nacional de Bombeiros (ENB) desenvolveu, em parceria com o grupo Portucel-Soporcel, o programa-piloto “Floresta Segura” que visa sensibilizar as populações residentes em zonas florestais sobre os princípios básicos de prevenção de incêndios. Este projeto de âmbito nacional será implementado em 9 municípios-piloto, estando marcadas duas ações para Lousã, já na próxima Segunda-feira pelas 14h30 em Vilarinho com encontro na sede da Junta de Freguesia de Vilarinho e no dia 17 de Junho pelas 15h00 em Serpins na sala da Junta de Freguesia. Foram já realizadas as duas primeiras ações com arranque do programa no município de Vila Nova de Poiares que correram muito bem.

Este é um programa bastante pertinente considerando que 98% dos incêndios florestais têm origem humana e mais de metade destes são provocados por atos negligentes, nomeadamente o mau uso do fogo para eliminação de sobrantes agrícolas, matos ou lixos. A ENB, entidade responsável pela formação dos bombeiros e agentes da proteção civil portuguesa, pretende, assim, elevar o conhecimento dos cidadãos sobre as causas dos incêndios, bem como a sua sensibilização para a utilização de práticas que diminuam o número de ignições.

Outro dos objetivos contemplados neste projeto é o incentivo à aproximação e articulação entre as populações, os corpos de bombeiros, as entidades municipais (câmaras, juntas de freguesia, gabinetes técnico-florestais, serviços municipais de proteção civil e comissões municipais de defesa da floresta contra incêndio) e a Guarda Nacional Republicana (Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente). Só assim será possível alterar o comportamento das populações, em especial, num ano que se adivinha propenso a incêndios florestais.

O programa-piloto é composto por 20 ações de sensibilização a realizar, de maio a novembro de 2012, em 3 regiões – Douro Litoral, Pinhal Interior Norte e Lisboa e Vale do Tejo – que têm registado tipologias de fogo (motivações e causas) distintas consoante as práticas agrícolas, florestais ou silvopastoris. No final será feita uma avaliação dos resultados deste projeto-piloto para uma disseminação futura em diversas áreas territoriais.

Com o programa “Floresta Segura”, a ENB assume um papel ativo na prevenção dos incêndios florestais e na proteção das populações colaborando com grupo Portucel-Soporcel numa iniciativa que conta, ainda, com o apoio institucional da Autoridade Nacional Florestal e Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *