Lamego, Sociedade

Jovens de Lamego discutem estratégia da Europa

O Centro de Informação Europe Direct de Lamego levou a efeito, a 31 de maio último, uma conferência dedicada às temáticas ligadas à cidadania europeia e aos objetivos da Estratégia Europa 2020, tendo como oradora convidada Paula Santos, docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego e membro da Team Europe. Marcaram presença no encontro mais de 120 alunos e professores da Escola EB 2,3 que aprofundaram o seu conhecimento sobre a importância das políticas da União Europeia para os cidadãos e os fundamentos e objetivos definidos na Estratégia Europa 2020, o plano de crescimento dos países europeus para a próxima década.

A jovem assistência considerou esta iniciativa “muito pertinente”, por proporcionar um “entusiasmante espaço de debate sobre as vantagens da integração do nosso país na União Europeia e uma oportunidade para refletir sobre a Nova Agenda Europeia e as principais estratégias seguidas para ultrapassar a atual crise económica e financeira”.

Com a realização de mais esta conferência, o Centro de Informação Europe Direct pretende promover e cultivar uma cidadania europeia mais ativa, em particular junto da comunidade escolar e envolvê-la na reflexão sobre o processo de construção.

A Estratégia Europa 2020 baseia-se em três áreas prioritárias, interdependentes, que se reforçam mutuamente: crescimento inteligente, através do desenvolvimento de uma economia baseada no conhecimento e na inovação; crescimento sustentável, promovendo uma economia hipocarbónica, eficiente em termos de recursos e competitiva; e o crescimento inclusivo, defendendo uma economia com altas taxas de emprego que assegure a coesão social e territorial, com o propósito de asseverar a saída da crise e preparar a economia deste continente para a próxima década.

Ainda dentro do espírito destas temáticas, a Escola Básica e Secundária da Sé organiza, no próximo dia 15 de junho, a comunicação “Olimpismo e Parolimpismo”, com a presença do formador Mário Teixeira, da Universidade de Évora e da Sport Management. O orador propõe enquadrar a próxima edição dos Jogos Olímpicos, com sede na cidade de Londres, numa perspetiva europeia e “num hino à solidariedade e estratégia desportiva global”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *