Amadora, Cultura, Educação

XIII Mostra de Teatro nas Escolas nos Recreios da Amadora

Os Recreios da Amadora acolhem a 4.ª semana da XIII Mostra de Teatro nas escolas. Entre os dias 21 e 27 de maio, crianças e jovens de vários estabelecimentos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário levam ao palco 7 peças de teatro, que prometem divertir miúdos e graúdos.

 

Esta iniciativa pretende dar relevância ao trabalho desenvolvido nas escolas do município na área do teatro, permitindo aos jovens desenvolver o contacto com o palco e promover a relação com um público diferente.

 

“O Quarto dos Brinquedos” foi a peça escolhida pelos alunos da turma A da EB1/JI Quinta Grande. “No quarto do João, pela noitinha, após o adormecer, os brinquedos acordam para mais uma noite de brincadeiras. O Arauto modera as conversas e contam-se as histórias dos vários protagonistas. Quando a estrela da manhã aparece e os pais do João o vão acordar, encontram os brinquedos espalhados pelo chão numa roda.” Esta peça pode ser vista 2.ª feira, dia 21 de maio às 15.00h.

 

No dia seguinte, os alunos do 2.º ciclo do “Clube de Teatro” da EB2,3 Sophia de Mello Breyner Andresen apresentam a peça “Os Campistas”, que nos conta a história de Érica, uma menina de 13 anos que “não conhece a avó paterna, com quem o pai há muito cortou relações. Mas recebe uma carta do tio-avô Francisco, que a informa que a avó está a viver num lar. Sem grande apoio da família Érica vai visitar a avó, e entre as duas nasce uma bonita amizade que lhe traz uma ideia fantástica…”

 

4.ª feira, dia 23 de maio, os meninos do JI n.º 2 da Brandoa, , interpretam

“Na terra do faz de conta: Príncipes, sapos e dragões e outras confusões”:

“Era uma vez um príncipe que se apaixonou por uma princesa, mas o amor é difícil… e só depois de muita música, guerra com dragões e feitiços quebrados é que tudo termina feliz…”

 

“Os Portuguesinhos de Gema”, alunos da EB1/JI Orlando Gonçalves apresentam-nos, na 5.ª feira seguinte, “Uma História de Encantar”, que nos fala do gigante Adamastor que a todos desafia cantar…

 

Pelas 21.30h de 6.ª feira, o “Clube de Teatro” da Escola Secundária Fernando Namora, leva ao palco a peça “É urgente falar de amor”. Trata-se de “um retrato performativo/poético sobre a urgência de viver e de falar sobre o que é o amor na adolescência. A angústia, a inocência, o medo, a rebeldia, a coragem, o sonho, são reveladas em episódios desfragmentados, entre o real e o ideal.” Por sua vez, a turma do 11.º ano do curso profissional de Apoio Psicossocial desta escola apresenta-nos a “Máquina dos Sonhos”. Esta peça diz-nos que “Formular desejos faz parte do imaginário humano. As lâmpadas mágicas e as fadas madrinhas acompanham o nosso imaginário desde sempre, mas será que os sonhos realizados se poderão tornar em pesadelos?”

 

No fim de semana, as sessões de teatro têm início às 16.00h.

No sábado, o grupo “Teatrinho da BE”, da EB2,3 Francisco Manuel de Melo, mostra-nos o seu talento através da peça “Vamos cantar Portugal”: “Uma representação cheia de cor e vida. Vamos, através da música popular e das nossas gentes, fazer uma viagem no tempo, revivendo momentos e personalidades tão caraterísticas de Portugal.”

 

No domingo, é a vez do grupo “A sementinha”, da EB1/JI José Ruy, mostrar as suas habilidades com “A velha surda.” Esta peça “conta a história de uma velha que era um pouco surda e que ao pedir esmola na praça da vila dá de caras com uma discussão entre dois bêbados. Tal discussão termina na esquadra da polícia sendo a velha testemunha do sucedido. O que será que acontece?”

Entrada gratuita mediante levantamento de ingresso, nos Recreios da Amadora.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *