Castro Marim, Sociedade

Nossa Senhora das Angústias visita Castro Marim

Integrada na Visita a Portugal, em particular à região do Algarve, a veneranda imagem de Nossa Senhora das Angústias, padroeira de Ayamonte (Espanha), vai estar na vila de Castro Marim, dia 19 de maio.

A manifestação religiosa de receção à padroeira de Ayamonte, em Castro Marim, acontece, sábado, às 10.30 horas, com a chegada da imagem de Senhora das Angústias à rua de São Sebastião, junto à Igreja, onde será feita uma saudação de acolhimento, seguindo em procissão até à Igreja de Nossa Senhora dos Mártires.

A visita da Virgem das Angústias à vila de Castro Marim termina às 12.00 horas, com a Celebração da Eucaristia, na Igreja matriz, sendo concelebrada pelos padres Manuel Nóbrega Chícharo, da Paróquia de Castro Marim, e Carlos Javier Sanches, da Paróquia das Angústias.

Segundo reza a lenda, no final do século XVI, dois irmãos pescadores, espanhóis (Coritos, de apelido), que pescavam no esteiro de São Bartolomeu do Sul, em Castro Marim, encontraram uma caixa hermeticamente fechada, no interior da qual estava uma bonita imagem de Maria com Cristo nos braços, a que as entidades eclesiásticas de Ayamonte deram o nome de “Nossa Senhora das Angustias”, dedicando-lhe a  Igreja de  “El Baluarte de las Angústias”.

A Virgem das Angústias foi proclamada padroeira de Ayamonte a 11 de janeiro de 1756, na sequência do terramoto e tsunami ocorridos no dia 01 de Novembro de 1755.

Para a Irmandade das Angústias, “ a Visita da imagem de Nossa Senhora das Angústias a Portugal responde à profunda união e fraternidade que sempre existiu entre as populações fronteiriças. Além disso, pretende difundir a devoção mariana e fortalecer o culto da imagem de Nossa Senhora das Angústias, venerada, durante séculos, por muitos portugueses.”

Nesta sua primeira deslocação a solo português, resultado de uma manifestação de vontade expressa pelos párocos de Silves e Ayamonte, em 2008, a imagem de Nossa Senhora das Angústias participa também em cerimónias religiosas nos concelhos de Vila Real de Santo António e Silves.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *