Lamego, Sociedade

Tradições genuínas do mundo equestre regressaram a Lamego

A Grandiosa Feira de Santa Cruz voltou a consolidar-se como um dos maiores cartazes turísticos da cidade de Lamego e da região, reforçando o estatuto que reconquistou durante os últimos anos como o maior evento de arte equestre realizado no Interior Norte do país. Como é tradição, culminou com a Feira Anual de 3 de maio, um espaço de comércio ligado ao mundo rural, situado junto à Mata dos Remédios, que atraiu a presença de milhares de curiosos. Antes, o certame onde o cavalo lusitano é o “rei e senhor” ofereceu um programa de atividades de grande qualidade: passeios equestres e de charretes, derby de atrelagem, provas de obstáculos, aulas de equitação e outros espetáculos.

Nesta edição, as más condições climatéricas obrigaram ao adiamento, para o domingo de 13 de maio, da realização das corridas de passo travado e de galope amador no picadeiro criado na Praça Dr. Fernando Amaral, e à redução do número de charretes previstas para desfilar no passeio que percorreu algumas ruas históricas da cidade de Lamego. Apesar da chuva, durantes estes dias, famílias inteiras, representadas por várias gerações, mas com uma paixão comum pela arte equestre, acorreram às várias iniciativas da Feira de Santa Cruz, aplaudindo entusiasticamente as exibições dos equídeos.

A corrida de passo travado foi disputada ao segundo por 34 conjuntos, mas apenas nove conseguiram terminar as quatros voltas obrigatórias à pista sem qualquer falta. André Reis, vindo de Chaves, a montar o seu Boa Viagem foi o primeiro classificado ao registar 1.41.63. Na prova de galope amador inscreveram-se oito conjuntos que efetuaram cinco voltas à pista. José Joaquim no seu Spidbed superou a concorrência com 1.53.65.

A Grandiosa Feira de Santa Cruz é um importante cartaz turístico do concelho, responsável pela dinamização da economia local, sobretudo os setores da restauração e da hotelaria. Organizada pela Câmara Municipal de Lamego, continua a conquistar a admiração dos lamecenses e dos aficionados pelas tradições e costumes genuínos do mundo equestre.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *