Sociedade, Vila do Bispo

Confraria do Espumante recebida nos Paços do Concelho de Évora

A Confraria Nacional do Espumante realizou no passado dia 5 de maio uma cerimónia de entronização de 20 novos confrades, que decorreu na Catedral da Sé de Évora. A Ministra da Agricultura, Assunção Cristas, o Presidente da Câmara Municipal de Évora, José Ernesto d’Oliveira, o Comendador Rui Nabeiro, a vencedora do prémio de empreendedorismo europeu, Sandra Correia, e a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães foram algumas das personalidades entronizadas confrades. Após a cerimónia realizou-se um desfile da Sé Catedral até à Câmara Municipal de Évora, para uma receção da Confraria pelo presidente da edilidade.

O grão-mestre da Confraria do Espumante, José Pereira, salientou o facto do Alentejo ocupar hoje um lugar de primazia no panorama vitivinícola nacional, devido à sua tradição de peso na produção vitivinícola, mérito das cooperativas mas também de produtores particulares. Os espumantes marcam agora uma procura de mercado, com uma maior competição a nível nacional e internacional, e os produtores do Alentejo têm sabido orientar essa produção, pelo que a Confraria do Espumante manifestou todo o interesse e conseguiu reunir todos os apoios necessários para realizar este capítulo no Alentejo, com a entronização de novos confrades que atuarão como elementos difusores de promoção do espumante.

O Presidente da Câmara Municipal de Évora quis agradecer e expressar o seu orgulho pela sua entronização como confrade da Confraria do Espumante, esperando cumprir dignamente o juramento. Salientou o facto dos vinhos do Alentejo, maduros por excelência e tradição, serem um dos produtos mais significativos na nossa produção regional e do nosso produto interno, aos quais se juntaram também os vinhos espumosos e os vinhos rosé, que hoje se produzem com grande qualidade no Alentejo.

A Ministra da Agricultura revelou que esta é a primeira confraria de que faz parte, e que se sentia muito agradada por ser a Confraria do Espumante, visto que o espumante é um vinho que nos acompanha nos melhores momentos da nossa vida, sendo a nota que sublinha e enfatiza a nossa felicidade. A ministra salientou que o trabalho construído por esta Confraria, que é uma associação ainda jovem, demonstra um grande dinamismo e é um exemplo do que podemos fazer em conjunto e devemos replicar pelo país, e que cresceremos enquanto país se puxarmos por aquilo que temos de bom e sabermos apreciar as especificidades e qualidades dos produtos diferenciados e ricos que temos, em que se engloba o espumante português.

A Confraria do Espumante foi criada em 2004 e tem como objetivos a promoção, divulgação, valorização e defesa do espumante produzido nas várias regiões do país, pretendendo também preservar a autenticidade de cada região, promovendo o seu património natural, cultural, paisagístico, arquitetónico, religioso e museológico, além do seu artesanato e gastronomia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *