Cultura, Gondomar

“Comunidade de Leitores” com João Teixeira Lopes em Gondomar

A “Comunidade de Leitores” prosseguiu, no dia 2 de maio, tendo, desta vez, Anton Tchekhov como autor escolhido para análise. Coube a João Teixeira Lopes trazer para a “Comunidade” a peça “A Gaivota”.

Professor Catedrático e autor de várias obras (nos domínios das sociologias da Cultura, Educação, Juventude, Urbana e Leitura), João Teixeira Lopes teve também um percurso (mais mediático) como deputado do Bloco de Esquerda. Referindo-se à “Comunidade de Leitores”, João Teixeira Lopes considerou ser uma iniciativa “muito estimulante – principalmente por apelar a um papel ativo por parte dos leitores”. Com um já relevante percurso profissional ligado à Cultura, o “leitor-convidado” destacou a importância da “Comunidade” por “aliar o prazer solitário da leitura ao convívio e, também, à discussão e ao diálogo”. Sobre o livro escolhido, João Teixeira Lopes admitiu ser uma obra já antiga. “Mas é um livro que não envelheceu e que ainda diz muito às pessoas de hoje”, acrescentou.

A “Comunidade de Leitores”, iniciativa do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Gondomar, consiste no encontro de um grupo de pessoas que se juntam, periodicamente, para conversar sobre livros cuja leitura foi proposta pelo dinamizador. A experiência da leitura, íntima e individual, é feita previamente por cada um dos participantes. Depois, em conjunto, a obra escolhida merece uma nova abordagem por parte do “leitor-convidado” – permitindo a descoberta de outras formas de interpretar o livro analisado.

Este “périplo literário” por vários autores e obras termina no próximo dia 23 de maio – com Rosa Quiroga e a obra “O Tio Vânia”, também de Anton Tchekhov. Ainda em análise, e tal como em 2011, há a possibilidade de uma sessão extra da “Comunidade”.

Em “Comunidade” já estiveram, enquanto dinamizadores/as das sessões, João Luís Barreto Guimarães, valter hugo mãe, Marta Martins, Ana Luísa Amaral, João Manuel Ribeiro e João Teixeira Lopes.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *