Gondomar, Sociedade

Nova Sede Social para o Grupo Etnográfico de Valbom em Gondomar

Foi, para muitos, uma cerimónia de recordações. Ex-alunos da Escola de Rossamonde regressavam ao local de estudo para, muitos anos depois, procederem à inauguração da nova Sede Social do Grupo Etnográfico de Valbom.

Desativada no início do ano letivo 2011/2012 (devido à abertura do Centro Escolar de Valbom), esta escola, como algumas outras no Concelho, ficou à espera de novo destino. Que, por decisão da Câmara, foi entregue (em regime de comodato) ao Grupo Etnográfico de Valbom.

Valentim Loureiro, Presidente da Câmara, afirmou ter a certeza de que “este vai continuar a ser um espaço de educação e cultura”. Se bem que, acrescentou, agora a cultura será mais de cariz etnográfico e folclórico.

Criado a 21 de abril de 2004, foi precisamente oito anos depois que se inaugurou a Sede Social do Grupo Etnográfico de Valbom. Casimira Pereira, Presidente da Direção do Grupo, disse “ter conseguido realizar um grande sonho… e mais breve do que esperava!”. Acompanhada por todos os elementos do grupo, assim como pelos dirigentes, Casimira Pereira fez questão de proporcionar uma visita-guiada às novas instalações. A escola, apesar de remodelada, manteve o aspeto original e, até, os materiais educativos existentes no estabelecimento de ensino.

Valentim Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, disse ter a certeza que educação e cultura irão continuar a ser questões obrigatórias nas novas “funções” da antiga escola.

A nova Sede Social do Grupo Etnográfico de Valbom surge do aproveitamento da antiga Escola de Rossamonde – uma das que integrava o “Plano dos Centenários” (levado a cabo pelo Estado Novo entre as décadas de 1940 e de 1960). O estabelecimento de ensino foi edificado em 1944 e ao fim de quase sete décadas passa a acolher uma nova função social e cultural.

Em dia de inauguração – e de aniversário – destaque, entre muitos outros, para as presenças dos Vereadores Fernando Paulo e Joaquim Castro Neves (da Câmara de Gondomar), para José Gonçalves (Presidente da Junta de Valbom e também da Assembleia Geral do Grupo Etnográfico de Valbom), além de Paulo Henrique Silva (do Conselho Fiscal) e de Sandra Brandão (Presidente da Assembleia de Freguesia). Compareceram, também, representantes de inúmeras associações locais e das federações das coletividades de Gondomar e do Distrito do Porto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *