Cultura, Palmela

Comemorações do Dia Mundial da Dança em Palmela

A Câmara Municipal de Palmela e a DançArte promovem, no dia 29 de abril, a comemoração do Dia Mundial da Dança. A iniciativa decorre na Biblioteca Municipal de Palmela, a partir das 21h30, com a apresentação de um filme à volta da dança, para o público infantil, e a realização de um Baile de Danças Tradicionais.

Celina da Piedade no acordeão e voz, acompanhada por Leónia de Oliveira, monitora de dança, fazem acontecer o Baile de Danças Tradicionais, um encontro em torno de danças populares de toda a Europa, em que todos são convidados a participar ativamente. A vida contemporânea retirou, progressivamente, o espaço de atividades como o cantar e dançar em grupo, que têm uma função estruturante das relações sociais, com benefícios na saúde física e psíquica. Neste baile, aprendem-se e dançam-se coreografias de um repertório antigo, culturalmente variado e intemporal, e viaja-se por várias regiões da Espanha, França, Itália, Inglaterra, Grécia e Portugal.

Afirmar a dança na sociedade de hoje, realçar os benefícios da sua prática e motivar diferentes públicos são alguns dos objetivos que motivam a celebração deste dia, que reúne muitas causas, povos, formas de pensar e agir, em torno de uma qualidade que todos temos, que é dançar.

A entrada é livre. Informações através do telefone 212336630.

 

 

 

Celina da Piedade canta e toca acordeão. Dedica-se ao estudo e pesquisa sobre música tradicional, sobretudo para dança. Nesse âmbito tocou em grupos como CPPP, UXU KALHUS, ATTAMBUR, CRAVO E FERRADURA, PULA-LHE-O-PÉ, CELINA DA PIEDADE TRIO, grupos vocacionados para os bailes de danças europeias. É também presidente da Associação PédeXumbo, para a Promoção da Música e da Dança, com a qual colabora ativamente desde 2000. Paralelamente, é músico residente de outros projetos: RODRIGO LEÃO, que acompanha desde 2000 em todos os concertos e tournées; 7 LUAS ORKESTRA, um projeto criado pelo Festival Sete Sóis Sete Luas, com músicos e música de todo o Mediterrâneo; HOMENS DA LUTA, espetáculo musical-cómico, que mistura a música tradicional e de intervenção, com a critica social e política. Colabora, ainda com variados artistas, como MAYRA ANDRADE, NÉ LADEIRAS, UXIA SENLLE, LUDOVICO EINAUDI, GAITEIROS DE LISBOA, ANTÓNIO CHAINHO, DAZKARIEH, VIVIANE, PROJECTO FUGA, PEDRO MESTRE, MONTE LUNAI, ATTAMBUR, DONA ROSA, DONNA MARIA, SAMUEL ÚRIA, JOÃO CORAÇÃO, etc.

 

Leónia de Oliveira apaixonou-se pela música e danças de cariz tradicional europeu no verão do ano 2000, no decorrer do festival ANDANÇAS, tendo a partir desse momento apostado na sua formação na área da dança tradicional. Tem frequentado, para além de aulas regulares, acções de formação promovidas pela PédeXumbo e Tradballs (associações para a promoção de musica e dança) de Danças Tradicionais, com Isabelle Guerbigny, Margarida Moura, Mercedes Prieto, e outros professores vindos do estrangeiro para o efeito. Em 2008 frequentou o curso de Danças do Mundo para Crianças; Estímulos de Dançaterapia, com Mónica Savá (Itália). Atualmente, e a par com a sua atividade na área de Produção de Espetáculos, desenvolve aulas de Danças Tradicionais para adultos, crianças e pais e filhos, e oficinas de Danças do Mundo para Crianças. Integra, também, com a acordeonista Celina da Piedade, um projeto de baile de música tradicional europeia, onde ensina as danças durante o baile. Faz parte da equipa de formadores das atividades de apoio à família, no ensino pré-escolar, na área de Movimento e Dança.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *