Saúde

Cátedra em Medicina da Dor reforça ensino e promove investigação

A Cátedra em Medicina da Dor, uma iniciativa pioneira em Portugal, vai promover, no seu primeiro ano de existência, um curso para médicos internos de hospitais do Grande Porto e a criação da primeira Liga Académica de Dor.

“Pretendemos, assim, reforçar o ensino da Dor e promover a investigação neste domínio”, explica Castro Lopes, investigador da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e responsável pela Cátedra.

E acrescenta: “A criação da Liga Académica de Dor tem como objectivo promover eventos educacionais sobre Dor dirigidos aos alunos de pré-graduação de todos os cursos na área da saúde. Numa primeira fase, queremos envolver os alunos da Faculdade de Medicina do Porto, do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto”.

No âmbito da investigação, a Cátedra em Medicina da Dor vai apoiar um projecto de investigação básica relacionado com a dor crónica e a depressão, bem como dois projectos de investigação clínica, um sobre dor em doentes submetidas a cirurgia da mama, que vai decorrer no IPO do Porto, e outro em doentes tratados nas Unidades de Dor do Grande Porto.

A Cátedra em Medicina da Dor resulta da uma parceria entre a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e a Fundação Grünenthal, destinada a apoiar a investigação e a formação nesta área do conhecimento médico. A parceria tem a duração de dois anos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *