Celorico de Basto, Sociedade

Idosos de Celorico de Basto brilharam em via sacra

Celorico de Basto encheu-se de gente, numa tarde de sol, para assistir a uma encenação bíblica que marca os últimos passos de Jesus até a Cruz e ressurreição. Momentos únicos que marcaram quem participou e quem assistiu.

A iniciativa decorreu na sexta feira, 30 de março, no Parque Lúdico do Freixieiro um local com belas paisagens e preparado ao pormenor para receber o evento.

“A iniciativa decorre já pelo terceiro ano consecutivo e é mostra do empenho e dedicação de todos aqueles que fazem parte integrante de um programa feito com o propósito de criar laços e proporcionar a sensação de pertença a uma comunidade” referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, que não perdeu este importante momento para a comunidade.

O autarca realçou ainda o facto de ser uma atividade que merece o máximo de respeito pela simbologia que acarreta. “Estamos na altura própria para refletir, para ponderar e tomar decisões sensatas. Esta atividade mostra que é possível fazer coisas bonitas com a colaboração de todos num trabalho conjunto. É sobretudo um momento de respeito mas também de alegria pelo convívio que proporciona”, concluiu.

Esta iniciativa decorre no concelho pelo terceiro ano consecutivo e é desenvolvida pelo programa Celorico a Mexer direcionado para idosos e pessoas portadoras de deficiência.

Note-se que o trabalho desenvolvido contou com os idosos como principais intervenientes que interpretaram o papel que lhes calhou em sorte.

“É o terceiro ano que participo nesta atividade e gosto muito, por causa da época que vivemos e pelo convívio que a atividade proporciona” palavras de António Magalhães, um dos idosos participantes na iniciativa.

O cenário foi, meticulosamente, preparado para receber a encenação e recriar uma das mais conhecidas passagens bíblicas.

No final da iniciativa, no mesmo local, teve lugar uma cantata da Páscoa, a cargo da Academia de Música de Celorico de Basto, Cooperates, que abrilhantou ainda mais o momento vivido. Os presentes assistiram, comovidos, com o repertório apresentado.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *