Oliveira de Azeméis, Sociedade

Utentes da Cerciaz dão o exemplo na limpeza de lixeiras clandestinas em Oliveira de Azeméis

A Câmara de Oliveira de Azeméis iniciou a erradicação de cerca de 20 lixeiras clandestinas no concelho com a limpeza dos terrenos situados junto à Cerciaz – Centro de Recuperação de Crianças Deficientes e Inadaptadas de Oliveira de Azeméis.
O arranque do projeto, que assinalou o segundo aniversário do Movimento «Limpar Portugal», contou com o apoio logístico da autarquia e o envolvimento de 15 utentes e técnicas da Cerciaz.
Segundo Isidro Figueiredo, vereador do pelouro do Ambiente, a autarquia pretende com estas ações não só eliminar as lixeiras mas alertar as pessoas para que «adotem comportamentos cívicos e amigos do ambiente que evitem que existam lixeiras um pouco por todo o lado».
O autarca admite que «a autarquia não consegue por si só resolver o problema da desativação das lixeiras clandestinas» sendo fundamental «o envolvimento de associações e instituições que estejam disponíveis para auxiliar contribuindo não só para eliminar os focos poluidores mas também para passar a mensagem de que é preciso inverter comportamentos».
A lixeira situada junto à Cerciaz foi a primeira de 20 nas quais a autarquia pretende atuar com o apoio de voluntários de escolas, instituições e dos projetos eco-escolas.
«É de todo o interesse que nestas ações se envolvam coletividades e instituições porque é uma forma de sensibilizar os munícipes para o problema ambiental das lixeiras», afirma Isidro Figueiredo, recordando que a autarquia possui um serviço gratuito para a recolha de «monos», evitando que estes sejam depositados em matas e campos abandonados.
«Para beneficiar do serviço gratuito basta que os munícipes entrem em contacto através do número 256 600 600 e, após marcado o dia e a hora da sua recolha, os serviços da autarquia removem os ‘monos’ das suas habitações», afirma o vereador responsável pelo ambiente.
A recolha dos resíduos (colchões, mobiliário em madeira e metálico, bicicletas, peças metálicas ou em madeira, fogões, frigoríficos…) efetua-se todas as segundas–feiras, durante a tarde.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *