Portimão, Turismo

Porto de Portimão volta a promover-se na Cruise Shipping Convention de Miami

O Porto de Portimão volta a estar representado na Cruise Shipping Convention, o maior certame de cruzeiros do mundo, que este ano decorre entre 12 e 15 de março em Miami com a presença de cerca de 980 expositores de 120 países ou regiões e os principais operadores deste importante segmento do mercado turístico.

 

Em Miami, onde são esperados mais de dez mil profissionais do setor, a representação de Portimão divulgará todo o seu potencial enquanto porta de acesso privilegiada para os navios de cruzeiros que rumam do Atlântico aos destinos mediterrânicos.

 

Esta presença resulta de uma parceria estabelecida entre a Câmara Municipal de Portimão, a Portimão Urbis, o Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos, a Associação Turismo de Portimão e o Turismo do Algarve.

 

Crescimento constante

 

Pelo quarto ano consecutivo, o Porto de Portimão tornou a crescer no número de navios de cruzeiros e de visitantes, estando já agendadas para este ano um total de 48 escalas.

 

Com efeito, no ano passado verificou-se o aumento de 13,5% no número de escalas, passando das 52 de 2010 para as 59, enquanto no que toca aos passageiros o porto de Portimão registou um crescimento de 32,5%, subindo das 33.843 pessoas em 2010, para as 44.841 no ano passado.

 

No período compreendido entre 2007 e 2011, os dados apontam para um crescimento de 673% no número de passageiros, passando dos 5.798 para os 44.841 visitantes, o que constitui um aumento muito significativo, considerando que neste período o investimento no porto foi bastante reduzido.

 

Para que o Porto de Portimão cresça mais e de forma sustentada, faltam ainda concretizar alguns investimentos estruturantes da responsabilidade da Administração Central, como o prolongamento do cais de acostagem, que permita acolher simultaneamente dois navios de grande dimensão, e a dragagem de estabelecimento de fundos a dez metros na barra, canal de navegação e bacia de manobra, assim como a aquisição de um rebocador de apoio às operações em porto e navegação na costa e a construção de um moderno terminal de passageiros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *