Cultura, Évora

Circuito de Música Antiga na Igreja do Convento dos Remédios em Évora

A Câmara Municipal de Évora apresenta na Igreja do Convento dos Remédios, nos próximos dias 11, 17, 18 e 24 de março, mais um programa do Circuito de Música Antiga, do Renascimento e do Barroco, integrado no projeto Oralidades, que contará com as atuações de grupos portugueses e estrangeiros.

O Coro Polifónico Eborae Mvsica atuará no dia 11 de março, domingo, pelas 18 horas, com um programa musical que tem como inspiração “A Quaresma na Escola de Música da Sé de Évora”. O Coro Polifónico Eborae Mvsica foi criado em 1987, e interpreta sobretudo polifonia da Escola de Música da Sé de Évora (sécs. XVI e XVII), sendo dirigido pelo Maestro Pedro Teixeira.

No dia 17 de março, sábado, pelas 21:30, a música estará a cargo da Orquestra Barroca da ESART – Escola Superior de Música de Artes Aplicadas de Castelo Branco (Idanha-a-Nova). Esta formação surgiu como Orquestra de Câmara em 2001, num projeto bem alicerçado no contexto do Curso Superior de Música, merecendo o apreço e o reconhecimento da cidade de Castelo Branco e da região. A Orquestra Barroca da ESART tem seguido um percurso próprio, potenciando por um lado a formação dos alunos e, por outro, a promoção de espetáculos junto das populações onde a oferta cultural é escassa, nomeadamente na área musical.

O grupo de Câmara do Centro Comunitário de “Hadzhi Dimitar” de Sliven, na Bulgária, atua no dia 18 de março, domingo, pelas 18 horas. Este grupo foi fundado em 2001 como um coro de autodidatas. Participa com regularidade em concertos e nas atividades culturais do município de Sliven e o seu repertório inclui obras para coro, tais como a música sacra e as canções do renascimento búlgaro.

O grupo Ravenna Brass Ensemble encerrará o programa deste Circuito de Música Antiga no dia 24 de março, sábado, pelas 18 horas. Este grupo italiano é composto por músicos e alunos do Instituto de Estudos Musicais “G. Verdi” de Ravenna, da Escola de Música A. Peri de Reggio Emilia, do conservatório “B. Maderna” de Cesena e do conservatório Rossini of Pesaro. O seu repertório compõe-se de vários géneros de música polifónica, com especial destaque para o período Renascentista e Barroco.

O Circuito de Música Antiga, do Renascimento e do Barroco é uma iniciativa que integra o Projecto Oralidades, que se traduz num encontro através do qual se partilham linguagens, experiências musicais e artísticas dos diferentes parceiros.

O projecto Oralidades realiza-se ao abrigo do Programa Europeu Cultura 2007-2013 e envolve uma parceria internacional entre os municípios de Évora, Idanha-a-Nova e Mértola (Portugal), Ourense (Espanha), Ravenna (Itália), Birgu (Malta) e Sliven (Bulgária), unidos num vasto programa de cooperação e intercâmbio cultural.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *