Lamego, Turismo

Partilha de competências junta escolas de turismo do Douro e de Saumur em Lamego

A Escola de Hotelaria e Turismo do Douro – Lamego e o Lycée Polyvalent de Saumur, situado na região francesa do Vale do Loire, decidiram avançar com uma parceria estratégica que vai fomentar a realização cruzada de estágios e sessões de formação para alunos de ambas as escolas e a partilha de conhecimentos e competências. Esta cooperação luso-francesa na área da hotelaria e turismo surge na sequência da formalização de um acordo de geminação, no ano passado, entre a Câmara de Lamego e a municipalidade francesa de Bouchemaine que, embora distem entre si quase 1400 quilómetros, visa o intercâmbio de ideias, experiências e soluções, dentro de uma perspetiva europeia. O primeiro passo concreto para o aprofundamento desta relação será dado já no próximo verão com a vinda a Lamego de jovens franceses que participarão em atividades desportivas e culturais.

A parceria entre a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro e a sua congénere de Saumur ganhou contornos mais nítidos após a visita a Lamego de uma delegação francesa, em fevereiro último, formada por oito alunos e dois professores, que desenharam o modelo de colaboração e os produtos finais de cooperação, a realizar ao abrigo do Programa LEONARDO.

Entre os objetivos a cumprir, os responsáveis das duas instituições acordaram em desenvolver um workshop dedicado às regiões vinhateiras onde estão inseridas. A apresentação desta iniciativa será feita através de uma plataforma eletrónica em videoconferência e para a sua concretização procurar-se-á contar com a cooperação de empresas do setor vinícola e, caso seja possível, produzir um kit de apresentação, composto, entre outros, por aromas e paletas de cores. O objetivo passa por dar oportunidade aos assistentes de contactarem diretamente, ao longo da apresentação, com o produto ou com as suas características físicas e organoléticas.

A aproximação de instituições do Douro e do Vale do Loire é alimentada pela existência de vários elementos em comum nestes territórios: são banhados por um grande rio (Douro e Loire), a cultura do vinho domina grande parte da sua paisagem natural e, não menos importante, as duas regiões estão inscritas na lista do património mundial da UNESCO como paisagem cultural viva a preservar. Para o futuro, os autarcas de Lamego e Bouchemaine elegem o desenvolvimento de projetos comuns nas áreas do turismo, cultura, juventude, educação e desporto como prioritários para construir uma relação duradoira, tendo como pano de fundo a cooperação europeia.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *