Cultura, Gondomar

“O Tesouro” e “Sementes de Algodão” em Gondomar

A Biblioteca Municipal de Gondomar, no dia 25 de fevereiro, foi o “palco” escolhido para a apresentação pública de duas das mais recentes obras editadas pela “Lugar da Palavra”. Maria Clara Miguel, com “O Tesouro”, e Rui Campos, com a obra “Sementes de Algodão”, para além da apresentação dos livros também se disponibilizaram, no final, para uma sessão de autógrafos.

A obra de Maria Clara Miguel destina-se, primordialmente, a um público juvenil. Mas que, indica a autora, pode ir dos 10 aos 90 anos… Maria Clara Miguel é o pseudónimo de Isaura Afonseca, professora de Português e Francês na Escola Secundária de Gondomar. Este é o seu segundo livro e, à semelhança de “Histórias para lermos juntos”, também aqui os sonhos e os afetos desempenham o papel principal.

Logo após a apresentação da obra de Maria Clara Miguel, foi a vez de Rui Campos dar a conhecer o livro “Sementes de Algodão”. Rui Campos, licenciado em Gestão do Património pela Escola Superior de Educação do Porto, é Técnico Superior de Administração Pública Autárquica (na Junta de Freguesia de Fânzeres). Tendo “alimentado”, desde jovem, a paixão pela escrita e pelo jornalismo, só há alguns anos Rui Campos decidiu dar o “passo” para a edição de um livro. “Sementes de Algodão” é, como explicou Tiago Campos – que apresentou a obra – um livro que se transforma numa viagem romântica e cultural.

A apresentação dos dois livros, em cerimónias distintas, contou, entre outros, com as presenças do Vereador do Pelouro de Cultura da Câmara de Gondomar, Fernando Paulo, da Presidente da Junta de Freguesia de Fânzeres, Fernanda Vieira, e, naturalmente, do responsável pela “Lugar da Palavra Editora”, João Carlos Brito.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *