Borba, Sociedade

Município de Borba investe na otimização da gestão de resíduos

O tratamento e valorização dos resíduos tem sido uma preocupação do Município de Borba, e que levou à apresentação de uma candidatura ao QREN, no âmbito do INAlentejo, designada “Otimização da Gestão de Resíduos”, no valor global de 351 mil euros. O projeto contempla diversas ações, que têm vindo a ser desenvolvidas pela autarquia neste últimos anos, de forma a melhorar o serviço de recolha e tratamento dos resíduos sólidos urbanos do concelho, reduzindo as quantidades produzidas e reutilizando aquilo que pode ser aproveitado, de forma a tornar o concelho mais sustentável. Além das preocupações ambientais, a autarquia tem sensibilizado os munícipes para a vertente económica, já que os resíduos separados e encaminhados para o ecoponto não se pagam, nem a Taxa de Gestão de Resíduos, permitindo reduzir substancialmente a fatura mensal paga pelo seu tratamento, quer pelos munícipes quer pela autarquia, que, assim, poderá dispor de mais meios financeiros para investir em outras áreas e serviços, o que é fundamental numa época em que os orçamentos autárquicos têm vindo a ser reduzidos.

Através deste projeto, foram já adquiridas novas viaturas para recolha e transporte de resíduos, sopradores de folhas e desenvolvidas ações de sensibilização da população para a separação dos resíduos sólidos urbanos, focadas em três vertentes: otimização da rede de recolha seletiva de verdes, da origem ao destino final; instalação de recolha seletiva de óleos alimentares usados; e separar para reciclar. Ações que têm sido desenvolvidas em eventos realizados no concelho e em diversas iniciativas realizadas nos estabelecimentos de ensino, procurando que os jovens adquiram boas práticas de separação e deposição dos resíduos e incentivem, em suas casas, os seus familiares, transmitindo-lhes estas práticas com pequenos gestos que se traduzem em importantes benefícios ambientais e económicos.

Neste momento, foi adquirida uma nova viatura auto compactadora de recolha e transporte de resíduos, com equipamento técnico e dimensão que facilitará o acesso ao centro histórico da cidade, onde os arruamentos estreitos condicionavam o serviço de recolha.

Com o esforço financeiro que a autarquia tem vindo a desenvolver, continuará a sensibilizar a população para cada vez mais reciclar os resíduos, entregar os óleos alimentares usados e realizar a compostagem, num objetivo conjunto para manter um concelho limpo e com boas práticas ambientais.

Se precisa de uma empresa de SEO para posicionar melhor o seu site? Contacte a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.