Mangualde, Sociedade

Nasceu a Casa das Associações de Mangualde

Como forma de apoiar o associativismo do concelho, a autarquia mangualdense promoveu a criação da «Casa das Associações de Mangualde» com a cedência do antigo edifício da Escola Primária. A assinatura dos contratos decorreu esta quarta-feira, dia 18 de janeiro, pelas 18h00, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho. Associação dos Ex- Combatentes Beirões, Club 2 CV de Mangualde, Rodas no Trilho – Clube de praticantes de todo o terreno de Mangualde, Universidade Sénior, Rotary Club de Mangualde, Delegação de Mangualde da Cruz Vermelha Portuguesa, Núcleo de Mangualde da Fraternidade de Nuno Álvares, Associação Cultural Azurara da Beira e Gigantes Sport Mangualde- Associação Desportiva de Mangualde foram as associações contempladas.

 

É de salientar que as instalações agora cedidas pela autarquia estavam desocupadas desde a criação do novo Agrupamento de Escolas de Mangualde levada a cabo no ano transato. Com a reestruturação do agrupamento, o edifício que estava afeto à Escola Primária de Mangualde ficou sem utilização.

 

Para o edil mangualdense, João Azevedo, «atendendo à configuração das suas instalações, este espaço mostra-se adequado à sua utilização pelas forças vivas deste Concelho, designadamente por associações de cariz social, recreativo, cultural e desportivo». O autarca considera que «apoiar o associativismo é essencial, estes grupos desempenham um importante papel social, já há vários anos que diversas associações têm interpelado esta Câmara Municipal no sentido de lhes serem facultadas/cedidas instalações onde as mesmas possam desenvolver o seu objeto social». Acrescentando que «nestas condições, urgiu conferir a este edifício um destino que dignificasse o seu historial. Atendendo às diversas solicitações das coletividades deste concelho, decidiu-se destinar a utilização do edifício supra identificado às diversas associações existentes neste concelho.»

 

As instalações que compõem a «Casa das Associações de Mangualde» serão cedidas gratuitamente, em regime de comodato, por decisão da Câmara Municipal, em função da finalidade de utilização, do fim preconizado pela entidade utilizadora e considerando os superiores interesses do Município de Mangualde. O contrato assinado tem a validade de um ano, podendo ser renovado por períodos iguais e nas mesmas condições até à denúncia de uma das partes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *