Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Freguesia de Ferreiros recebeu Presidência Aberta – Póvoa de Lanhoso

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso esteve em Ferreiros, no âmbito da Presidência Aberta. Manuel Baptista reuniu com os autarcas locais e contactou com a população e com representantes de entidades da freguesia.

 

Acompanhado de elementos do seu Executivo, do seu Gabinete e do Presidente da Junta, Manuel Alves, e de outros elementos do Executivo local, o Presidente da Câmara esteve em alguns locais, constatando necessidades e ainda os efeitos do mau tempo verificado em finais do ano passado. A este nível, Manuel Baptista assegurou que, muito em breve, vai ser reconstruído um muro, danificado pela intempérie de 26 de outubro de 2011.

 

“Temos de dar prioridade àquilo que é prioritário”, referiu ainda o Presidente da Câmara, em linha com o que afirmou nas Presidências Abertas anteriores em Esperança, Campo e Serzedelo. Manuel Baptista destacou os condicionalismos presentes à atividade autárquica. “Há três anos, não sabíamos que seria assim. Com a conjuntura atual e com aquilo que ainda pode vir, vai ser complicado cumprir com aspetos que assumimos. A Póvoa de Lanhoso deixou de receber dois milhões e 800 mil euros por causa da diminuição das transferências do Estado”, sublinhou, o que traz consequências. “A promessa da Rua das Boucinhas mantém-se desde que tenha condições para a fazer. Mas neste momento, não tenho essas condições. Com Ferreiros, temos feito um bom trabalho nestes seis anos. Fizemos aquilo que foi possível, mas agora as coisas estão muito, mas muito complicadas” disse Manuel Baptista, que abordou ainda o assunto da estrada Geraz-Ferreiros. Lembrou que qualquer intervenção só pode ser executada se tiver cabimento orçamental e que a aposta é nos investimentos que possam ser financiados. “Hoje tem de ser tudo muito bem pensado e partilhado. Todos gostamos de fazer e de inaugurar obras, mas, com esta conjuntura, vai ser muito complicado”, transmitiu ainda. Desde 2006, a Câmara Municipal investiu em Ferreiros muito perto de 600 mil euros.

 

O Presidente da Junta local, Manuel Alves, também foi apontando algumas das necessidades, sendo que, após a reunião entre o Executivo Municipal e o da Junta de Freguesia, o grupo percorreu alguns pontos da freguesia. Manuel Baptista constatou no terreno algumas das necessidades e contactou com residentes locais, nomeadamente na zona das Boucinhas, onde explicou os constrangimentos impostos à Câmara Municipal pela conjuntura atual assim como as opções que têm de ser tomadas. Seguiu-se nesta visita a Ferreiros uma passagem pela Quinta da Capela, produtor local com vinhos reconhecidos e premiados. Já na sede da Junta, Manuel Baptista e os Vereadores dialogaram com populares e com representantes de entidades locais, tendo sido abordados assuntos diversos, como o ponto de situação do PDM, e outros.

 

Esta Presidência Aberta decorreu no dia 12 de janeiro. A próxima realiza-se em Garfe já no dia 18 de janeiro. Estas iniciativas visam uma maior proximidade com as gentes e com as entidades locais, assim como fazer, no terreno, o balanço do mandato e uma projeção do futuro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *