Lamego, Sociedade

Câmara e Diocese de Lamego renovam relação “próxima e afetuosa”

     Pela primeira vez, após a nomeação de D. António Couto como novo Bispo de Lamego, pelo Papa Bento XVI, Francisco Lopes encontrou-se com o novo responsável religioso da diocese sedeada na cidade de Lamego e que abrange mais de 220 paróquias. O novo prelado, que até agora ocupava as funções de Bispo Auxiliar de Braga, substitui no cargo D. Jacinto Botelho que solicitou a sua renúncia por ter completado 75 anos de idade. Durante o encontro que decorreu no Paço Episcopal de Braga, o Presidente da Câmara Municipal de Lamego manifestou-se confiante que as duas instituições serão capazes de construir uma relação “próxima e afetuosa” em prol da comunidade, numa altura em que existem graves carências económicas e sociais.

     Homem humilde e inteligente, Francisco Lopes acredita que D. António Couto continuará o grande dinamismo missionário que D. Jacinto Botelho imprimiu durante os últimos anos ao território correspondente à Diocese de Lamego e que a sua renovada fé ajudará a implementar as linhas pastorais da nova evangelização. A tomada de posse está marcada para 29 de janeiro na Sé Catedral de Lamego.

     Nascido em Vila Boa do Bispo, Marco de Canaveses, em 1952, D. António Couto é missionário da Sociedade Missionária da Boa Nova onde fez os seus estudos secundários e foi ordenado padre em 1980. Após se ter licenciado na cidade de Roma em Sagrada Escritura e ter terminado seu doutoramento em Jerusalém, foi professor em Luanda e na Universidade Católica. Em 2007, foi ordenado Bispo Auxiliar de Braga e é nomeado agora Bispo de Lamego, uma diocese com 144 mil pessoas e que remonta ao século VI, uma das mais antigas do país.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *