Mangualde, Sociedade

Reservatórios de defesa da floresta contra incêndios em construção em Mangualde

Dos cinco reservatórios de defesa da floresta contra incêndios (RDFCI) candidatados pela Câmara Municipal de Mangualde, dois foram aprovados e estão em construção nas localidades de Freixiosa e Abrunhosa-a-Velha. Esta execução, em prol de toda a floresta da região centro, representa um investimento total é 55 mil euros, sendo comparticipado em 70% pelo PRODER. Ambos os reservatórios estarão operacionais antes do próximo verão e terão a capacidade de 150 m3, estando aptos para abastecimento de meios aéreos e terrestres.

 

Trata-se de uma iniciativa comunitária do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, cofinanciada pelo FEADER, no âmbito do PRODER, que tem como objetivo consolidar e melhorar a multifuncionalidade da floresta portuguesa garantindo e aumentando a sua valorização económica, ambiental e social através de uma gestão ativa e profissionalizada dos espaços florestais e agroflorestais, de forma a tornar a floresta mais estável, resiliente aos incêndios e ataques de agentes bióticos nocivos; melhorar o valor ambiental e o valor social dos espaços florestais, maximizando as suas funções ambientais, protetoras e de enquadramento paisagístico; aumentar a rentabilidade e a sustentabilidade económica do sector florestal numa ótica multifuncional; e contribuir para o ordenamento territorial reforçando a sua sustentabilidade. Esta medida gestão do espaço florestal e agroflorestal integra três ações: minimização dos riscos; ordenamento e recuperação dos povoamentos; e valorização ambiental dos espaços florestais.

 

Assim, este programa pretende-se promover a defesa da floresta contra incêndios apoiando a introdução de medidas de prevenção e defesa adequadas, consubstanciadas, nomeadamente através da implementação e manutenção de componentes das Redes de Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI), como é o caso da rede de pontos de água, onde se insere a candidatura apresentada.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *